Twitter Facebook Youtube
Home » LM » A Cooperifa lança projeto Futebol e Poesia: Várzea Poética

A Cooperifa lança projeto Futebol e Poesia: Várzea Poética

A Cooperifa entende que o futebol varzeano é uma das culturas mais importantes da periferia paulistana, e or acreditar nisso lança seu mais novo projeto de incentvo a leitura: a Várzea poética.
O Projeto atrair parceiros para apoiar em apoiar alguns times de futebol da região com jogos de camisas, e os os respectivos times em contrapartida vão frequentar  alguns saraus para apreciar a poesia.
Os Atletas de fim de semana levarão suas esposas, namoradas e filhos, e nessa noite receberão livros de presente (romance, poesia, contos e livros infantis). Cada time terá uma quarta-feira especial, a intensão é aproximar o futebol à literatura, literalmente.
Pra começar, nesta quarta-feira receberemos o time do CDHU do Jardim São Luiz que recebeu o patrocínio da GLOBAL EDITORA, nas próxima quartas-feiras serão dois times apoiados pela Cooperifa, a Ponte Preta do Jardim Leme, e o Unidos do Morro do Pirajuçara, ambos já tem um trabalho cultural em suas comunidades, em Taboão da Serra.
A ideia é atrair novos parceiros para fortalecer a cultura do futebol de várzea e solidificar o nosso trabalho de incentivo à leitura – um dos pilares na  da Cooperifa que este ano completa 11 anos de atividades culturais na periferia de São Paulo.
Em busca de novos leitores, em busca de novos parceiros. Em busca de uma periferia melhor.
SARAU DA COOPERIFA – ANO XI
Lançamento do projeto VÁRZEA POÉTICA
Presença do time do CDHU  Jardim São Luiz
Quarta-feira   23 de maio   20hs45
BAR DO ZÉ BATIDÃO
Rua bartolomeu dos Santos, 797 Jd Guarujá
Periferia – SP
Infs: (11) 93428687 e (11) 65995499
Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (5)

  1. Progresso monstro!
    Úh Cooperifa!
    Unindo o esporte mais popular do nosso país com a literatura, a poesia, afinal tudo junto e misturado sabe-se que é a mais pura cultura que vem sendo fortalecido pelo sarau da Cooperifa. Sem palavras Sergio Vaz!
    Sem palavras poetas e poetizas de todas as quebradas!
    Tamo junto.

  2. Cocão VP disse:

    Então vai , veste a camisa eu sei quem corre atraz , essa gente é da gente que faz , daquele corre não desiste jamais , se quer ver conhecer tamo ae , então vai !

    Cooperifa 2012 .
    Vai segurando a Poesia e a Várzea lado a lado , varias Times varias quebradas , e esse vagabundo num para de pensar , Salve Sérgio Vaz …….

  3. A Cooperifa éo povão. É a poesia, é o Rap, é o Samba… É o Futebol de Várzea no pais da copa. Aqui no pé do morro é nóis que tÁ!

  4. Tiago Mariano disse:

    AMANTES DO RAP NACIONAL nao sei nem por onde eu comeco , nao sei se vira rap ou se escrevo so poesias mas curte ae…..dedicada ao comedor de mortadela tipo mariguela sera mesmo que morrem por ela , se pagando de americano correntona carrao rapnacional viro novela ,, moro nos estados unidos e nao sou favela( saberas tu mesmo o significado da palavra favela) reconheco quem faz parte dela,, sao poucos que ainda jogam por ela ,, masons illuminat chegou a hora de falar quem nos ensinou a roubar magrela ,, vixxxi os padre da igreja da se vende ate haxixe , ninguem sabe quem tu eh ,, masons ,, teu espirito mostra o que tu e, emicida ta perdendo a batida , criolo viaja pra argentina , ganha cd d platina ,, na favela ainda vendem cocaina ,, mae lua com pai sol os mano nao entende tipo mongol,, devagarinho sem presa iluminatis masons jogam cerol….fugi do anzol pai sol com mae lua por favor abencoe quem realmente e rua ,, brasilero no esterior tratado como inferior ,, poesia marginal nos faz superior ,, tipo sem rancor la do sul ,, espirito garibaldi , independencia ou delinquencia , escolha a sequencia ,, os padre pastores ploicia politicos nao entendem a frequencia ,, santa inocencia ,, terminara a violencia ,, e agora cura nao tem ciencia ,, filhos de iluminats masons nao sabem seus dons ,, internet mundo moderno bomba atomica escuto os sons ,, tipo avatar povo do fogo tenho que matar ,,, sem compactuar com ninguem , vim do alem nao preciso de ninguem ,, tipo minero oia o trem ,, de rocha la em goias ,, produto americano nao sao legais ,,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print