Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » Após abordagem policial suspeita, rapper Du Bronks dá depoimento em delegacia

Após abordagem policial suspeita, rapper Du Bronks dá depoimento em delegacia

Cantor foi abordado com grupo de amigos por policiais à paisana armados no Jardim Rosana

O rapper Du Bronk’s, do grupo paulistano Rosana Bronk’s, foi parar no 89º DP de São Paulo na tarde desta sexta-feira (14), depois de ter sido abordado pela polícia militar junto com um grupo de amigos.

Segundo a produtora Mariana Bergel, da Bóia Fria Produções, responsável pela carreira de Du, o rapper estava com um grupo de amigos no Jardim Rosana (Zona Sul), bairro onde reside, quando foi abordado por um grupo de policiais armados e à paisana.

“É o tipo de ‘procedimento’ que tem acontecido na periferia”, comenta Bergel. “Primeiro um grupo de policiais armados à paisana chegou, e os meninos saíram correndo. Só mais tarde apareceu a Força Tática”.

“Todo mundo fugiu. Um dos rapazes acabou caindo na casa de uma senhora, e ela se machucou, mas conseguimos socorre-la. A sorte foi que, enquanto fugiam, eles me passaram um rádio: ‘socorro, os caras vão matar a gente, pelo amor de Deus’. Foi então que eu comecei a ligar para amigos envolvidos com o rap que poderiam estar próximos, como o Mano Brown”, explica a produtora.

“Eles chegaram lá e conversaram com a polícia, que resolveu que iria deter três dos rapazes. Eles foram levados inicialmente para o 37º DP (Campo Limpo) e depois foram para o 89º  (Portal do Morumbi), para registrar a ocorrência. Um dos rapazes era foragido, e acabou ficando preso, mas os outros dois não deviam nada e foram liberados. O Du deu um depoimento sobre a abordagem suspeita e foi liberado”, conta Bergel.

O caso acabou caindo no Twitter e a falta de informações fez alguns leitores pensarem que o Brown estaria envolvido na questão. “Não tem nada a ver com o Brown, ele só foi ajudar. Mais um dia na periferia, né? Se fossem cinco rapazes brancos parados na rua no Morumbi isso não teria acontecido”, desabafa a produtora.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informa que o Boletim de Ocorrência sobre o caso ainda não foi finalizado. Segundo a escrivã, a abordagem policial ocorreu porque o grupo saiu correndo quando avistou os policiais, que estariam fazendo uma ronda rotineira. A assessoria não pôde confirmar a presença de policiais à paisana.

A SSP informa ainda que, em nota divulgada à imprensa, a PM afirma que a ação ocorrou por volta das 13h desta sexta. “Quatro indivíduos estavam em atividade suspeita na rua Arnaldo Carvalho Martins, no Campo Limpo, quando, ao avistarem a viatura da PM, fugiram”, diz a nota. Eles teriam entrado em residências da região tentando fugir – um entrou em um telhado de uma das residências e caiu. Além de Du Bronk’s, José Raimundo Dias dos Santos e Murilo Bruno Dias dos Santos também foram encaminhados à delegacia.

POR / FONTE: + SOMA / AMAURI STAMBOROSKI JR.

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print