Sign in / Join

Após abordagem policial suspeita, rapper Du Bronks dá depoimento em delegacia

Cantor foi abordado com grupo de amigos por policiais à paisana armados no Jardim Rosana

O rapper Du Bronk’s, do grupo paulistano Rosana Bronk’s, foi parar no 89º DP de São Paulo na tarde desta sexta-feira (14), depois de ter sido abordado pela polícia militar junto com um grupo de amigos.

Segundo a produtora Mariana Bergel, da Bóia Fria Produções, responsável pela carreira de Du, o rapper estava com um grupo de amigos no Jardim Rosana (Zona Sul), bairro onde reside, quando foi abordado por um grupo de policiais armados e à paisana.

“É o tipo de ‘procedimento’ que tem acontecido na periferia”, comenta Bergel. “Primeiro um grupo de policiais armados à paisana chegou, e os meninos saíram correndo. Só mais tarde apareceu a Força Tática”.

“Todo mundo fugiu. Um dos rapazes acabou caindo na casa de uma senhora, e ela se machucou, mas conseguimos socorre-la. A sorte foi que, enquanto fugiam, eles me passaram um rádio: ‘socorro, os caras vão matar a gente, pelo amor de Deus’. Foi então que eu comecei a ligar para amigos envolvidos com o rap que poderiam estar próximos, como o Mano Brown”, explica a produtora.

“Eles chegaram lá e conversaram com a polícia, que resolveu que iria deter três dos rapazes. Eles foram levados inicialmente para o 37º DP (Campo Limpo) e depois foram para o 89º  (Portal do Morumbi), para registrar a ocorrência. Um dos rapazes era foragido, e acabou ficando preso, mas os outros dois não deviam nada e foram liberados. O Du deu um depoimento sobre a abordagem suspeita e foi liberado”, conta Bergel.

O caso acabou caindo no Twitter e a falta de informações fez alguns leitores pensarem que o Brown estaria envolvido na questão. “Não tem nada a ver com o Brown, ele só foi ajudar. Mais um dia na periferia, né? Se fossem cinco rapazes brancos parados na rua no Morumbi isso não teria acontecido”, desabafa a produtora.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informa que o Boletim de Ocorrência sobre o caso ainda não foi finalizado. Segundo a escrivã, a abordagem policial ocorreu porque o grupo saiu correndo quando avistou os policiais, que estariam fazendo uma ronda rotineira. A assessoria não pôde confirmar a presença de policiais à paisana.

A SSP informa ainda que, em nota divulgada à imprensa, a PM afirma que a ação ocorrou por volta das 13h desta sexta. “Quatro indivíduos estavam em atividade suspeita na rua Arnaldo Carvalho Martins, no Campo Limpo, quando, ao avistarem a viatura da PM, fugiram”, diz a nota. Eles teriam entrado em residências da região tentando fugir – um entrou em um telhado de uma das residências e caiu. Além de Du Bronk’s, José Raimundo Dias dos Santos e Murilo Bruno Dias dos Santos também foram encaminhados à delegacia.

POR / FONTE: + SOMA / AMAURI STAMBOROSKI JR.

Leave a reply