Twitter Facebook Youtube
Home » Artigos » Artigo: Hip-Hop: Revolution

Artigo: Hip-Hop: Revolution

Por Edson Cadette*

A cultura da musica Rap, transformada anos depois em Hip-Hop nasceu nas ruas de Nova York no final dos anos 70, mais precisamente nos bairros do Bronx e Queens. E claro que isto não e uma certeza. Muita gente também acredita ate que este ritmo musical foi trazido da Jamaica, e os norte americanos urbanos deram uma incrementada diferente.

Nos parques públicos da cidade durante o verão jovens disc-jóqueis manejavam seus discos isolando parte dos ritmos durante as pesadas batidas das musicas, criando uma nova forma de arte musical. O famoso “scratch” ou arranhado em português. A musica Rap foi sendo incorporada aos ritmos musicais juntamente com estes “arranhados” enquanto os MCs, ou Mestre de Cerimonias adicionavam palavras e letras rítmicas aos batidos dos disc-jóqueis.

A partir do inicio da década de 80 esta nova arte musical deixou definitivamente os bairros do Bronx e  do Queens para agitar também as noites nos clubes de Manhattan. Era a explosão triunfal da musica Rap. A primeira musica a ter uma aceitação geral foi “Rapper’s Delight” do grupo “Sugar Hill Gang” lançada em 1979. Detalhe: a letra e toda falada em cima da musica “Good Times” da Banda Chic.

Ao mesmo tempo que o novo ritmo musical ganhava milhões de jovens adeptos, jovens “B-Boys” e “Break-Dancers” começaram a criar um novo estilo de dança chamado “rocking” para incorporar ao novo ritmo.

Hip-Hop Revolution, ou em português a Revolução do Hip-Hip: Fotografias feitas por Janett Beckman, Joe Conzo, e Martha Cooper esta em cartaz no Museu da Cidade de Nova York localizado na esquina da 5a Avenida com a rua 103 bem aqui no Harlem.

Muitos críticos não apostavam não longevidade deste gênero musical. Esta importante exibição mostrando fotos de jovens pioneiros caminhando pelas ruas da cidade com seus radios, seus colares, tênis e agasalhos da marca Adidas e a prova que os céticos estavam errados.

Estes jovens pioneiros não tinham a menor ideia que eles estavam criando um movimento cultural que iria influenciar o mundo 40 anos depois  e gerar milhões de dolares. O Hip-Hop apesar de suas transformações e diferentes vertentes ja e parte integral da cultura mundial entre os jovens.

*Edson Cadette é jornalista paulistano. Reside há 25 nos Estados Unidos. Correspondente cultural para o site Afropress.com

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print