Twitter Facebook Youtube
Home » Especial » Assista a vídeo entrevista com o tatuador e grafiteiro Markone

Assista a vídeo entrevista com o tatuador e grafiteiro Markone

Quando fomos para São Paulo distribuir a terceira edição da Revista RAP NACIONAL surgiu a oportunidade de fazer uma tatuagem com o requisitado tatuador Markone.

Passamos a manhã e a tarde correndo na Galeria do Rock, de loja em loja, para colocar a revista à venda e depois de muito cansaço seguimos sentido a Zona Norte, mais precisamente no bairro Pari.

20h, chegamos! Estamos no estúdio de Markone, que nos recebeu muito bem e antes de qualquer coisa folheou a revista n°3, no qual ele havia anunciado. Após vários elogios a revista, Markone estava com cara de quem gostou e isso me deixou muito feliz!

Nessas horas é que vemos que todo esforço e dedicação vale a pena e que o sorriso das pessoas ao se verem na revista não tem preço!

Trocamos algumas ideias, disse para ele que gostaria de tatuar a foto dos meus dois filhos no braço esquerdo, mas com um diferencial, queria que ele transformasse os dois em palhacinhos. Dito e feito, bem dito efeito! Após alguns minutos, a especialidade de Markone, palhaços estava aprovada e pronta para ser registrada.

Quer saber o que aconteceu depois disso até as 4 da madrugada? Assista o vídeo com a entrevista completa e  não esqueça de conferir também a matéria impressa na Revista RAP NACIONAL N°4.

Sobre Markone

Markone começou na arte do Graffiti em 1995 com um traço próprio em suas pinturas, adaptando sempre a imagem criada ao espaço disponível no momento.

N.U.C. a abreviação do Primeiro Coletivo de Graffiti/Tattoo do Brasil, uma junção de idéias mais conhecida como Neurose Urbana Crew. Formada por Markone, Chivitz e Marone em 1999 com a intenção de criar arte a todo momento, incentivando e interagindo com o público do graffiti, fidelizando assim ainda mais a arte em suas peles.

Recentemente participou do maior projeto de Graffiti nacional, o primeiro Museu Aberto de Arte Urbana do mundo. Com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, o MAAU é um projeto de humanização artística que visa trocar o cinza característico das grandes metrópoles pelas cores e a alegria do Graffiti.

A tatuagem surgiu na vida de Markone em 2001, em meio a um turbilhão de trabalhos artísticos, e veio para ficar.

Com seu estilo característico, e sua inspiração vinda das ruas, já participou de várias convenções e tatuou em diversos lugares do mundo.

Passou uma temporada na Europa, onde aperfeiçoou sua arte com Alfredo Genovese.

O estilo livre adquirido em sua formação do Grafitti foi fundamental no desenvolvimento do processo de tatuar, adaptando o traço dos muros para as peles.

www.markone.com.br

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (2)

  1. Lucio Melo disse:

    boa tarde mandraque tira esses merdas do floripas mcs nao representa rap nacional da favela sao de classe rica—–eoutra ta com virus .

  2. Bruno Damico disse:

    Esse Mark eh zica memooo!!!!
    Representa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print