Twitter Facebook Youtube
Home » Especial-2 » Assista um documentário que retrata o Hip Hop em Alagoas

Assista um documentário que retrata o Hip Hop em Alagoas

O documentário ‘A Cultura Hip-Hop Vive em Alagoas’, relata a resistência desse movimento cultural no estado de Alagoas.
O filme mostra que o Hip-Hop existe em Alagoas desde os anos 80, denunciando o descaso exigindo melhorias para o povo das periferias. Muitas polêmicas, contradições, divergências, tristezas e alegrias estão presentes nesse documentário que faz um resgate histórico e discute sobre conflitos internos e perspectiva de futuro para o hip-hop.
.
Entrevistados: Ace Rick, Ari Consciência, Paulo Sergio, Paulo ‘Djp’, Cacá, Julimen, Zulu Fernando, Adriano, Bill, Vanderson ‘Sulista’, Mano Van, Arnaldo ‘Dj Asb’, Tião, Zazo, Nego Love, Jhon Doidão, Carlinhos do Rap, Junin, Kiko, PH, Jêh Nanda, Mony, Edjaria, Alyne Sakura, Afrojay, Dj Skarmix, Jov, Mano Gill, Fantasma, Will Grind, Geysson, Invasor, Thiago ‘Big T’, Lilou, Emissario, Jerry Loko.
.
Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (5)

  1. Convido a todos para conhecer um pouco do movimento HIP HOP na minha terrinha ( ALAGOAS )
    queria parabeniza aos diretores do documentário muita paz e progresso para todos salve RAP NACIONAL RAPAAA

  2. Paulo Brasil disse:

    Muito bom poder ter visto esse documentário sobre o Hip Hop alagoano e seus desdobramentos ao longo dos anos! Que bom saber também que é característico do Hip Hop nordestino esse comprometimento com a militância, algo que aos poucos foi se perdendo nos grande centros urbanos ao longo do tempo, fazendo com que em alguns lugares o conceito de evolução na verdade seja confundido com o conceito de Hip Hop ultrapassado!! A militância deve existir sempre e nesse aspecto o Hip Hop nordestino dar aula!

    É necessário voltar aos primórdios, ter a humildade de enxergar onde erramos, tentar corrigir, abdicar de vaidades pessoais e seguirmos em frente sempre, ensinando e aprendendo! Isso é Hip Hop!! Utopia!? Não, não é, pois já foi assim um dia!

    Espero que esse documentário sirva também para estreitar as distâncias entre os centros onde o Hip Hop pulsa e tornarmos o Hip Hop um só Movimento, uma só Cultura! Máximo respeito ao Hip Hop alagoano ontem, hoje e sempre!!!

  3. Diego Dantas disse:

    faltou o grupo de rap NSC neoronio sub conciente rap alagoano…..

  4. zazo man sempre resgatando o nosso orgulho, dentro do hiphop.

  5. O rap e paz, o rap amor, o rap e sentimento
    o rap e alma o rap e a vida de quem tem talento
    e quem dizia que o rap e coisa de bandido
    Hoje vejo muitos deles com o fone no ouvido
    capital interior somos uma so familia
    mandando ver no flow no show na sua rima!
    R.D.I (RAP DO INTERIOR) MARIBONDO-AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print