Twitter Facebook Youtube
Home » Especial » Ca.Ge.Be lança o CD Vilarejo

Ca.Ge.Be lança o CD Vilarejo

Oba! Clareou!  Os Gênios do Beco voltaram e não vieram sozinhos, trouxeram rimas e batidas que prometem ecoar pelo Brasil.

“Diversidade, assim podemos sacudir as estruturas tradicionais da música”, é com essas palavras que Cezar Sotaque define o mais novo álbum do Ca.Ge.Be, e se posso expressar minha opinião, digo que o Vilarejo vai além, ele te leva batidas e letras inovadoras, ao mesmo passo que te leva ao clássico à atemporalidade do Rap, e neste vaivém o disco flui, carregado de informações, amor, ódio, respeito, paz, indignação, harmonia, emoções e sensações  que foram prensadas e transformadas em timbres, vozes, ruídos e bases, dando vida ao Vilarejo, com este título, Ca.Ge.Be lança seu segundo CD.

Cada Gênio do Beco, no ano de 2000, esses gênios do beco, Cezar Sotaque, Shirley Casa Verde e Dj Paulinho, se uniram e assim começa a caminhada deste grupo de Rap Paulistano que diferentemente de muitos outros gênios residentes nas periferias, puderam expor seu talento “ a situação periférica ainda e bem difícil, migalhas são oferecidas a população. E isso é muito pouco. Precisamos de mais oportunidades para o estudo, o trabalho autônomo entre outras coisas,  os Gênios dos Becos estão por toda parte, mas nem sempre estão visíveis e com chances de mostrar e aprender habilidades”, comenta Cezar Sotaque.

O novo álbum

O Cd intitulado Vilarejo traduz a vivência dos que acreditam em relações humanas, especificamente a música vilarejo, reporta a pensarmos em espaços físicos de becos, vielas, cortiços, vilas e bairros, de uma maneira menos ligada ao que se constrói fisicamente, mas sim, construções emocionais,  a naturalidade dos que dividem o mesmo espaço e vivem  uma harmonia do cotidiana “o Vilarejo é um grande quintal, que acomoda famílias e sentimentos. Numa analogia com o passado percebemos que hoje, ainda continua existindo vilas como antigamente,  costumes, hábitos e cultura. As vilas de hoje são imensas com casas de madeira ou alvenaria que estão ligadas fisicamente e emocionalmente umas nas outras, e preservando o contato direto entre as pessoas” sintetiza Cezar, o professor de história que carrega consigo o conceito de rua, da necessidade do Rap não sair dela, e mesmo alcançando patamares e localidades diferentes, acredita que um bom filho deve sempre voltar a casa da mãe, neste caso o Hip-Hop voltar a ocupar as ruas.

Passaram-se 05 anos desde o lançamento do primeiro cd do grupo “ Lado Beco”, foi um pontapé inicial à produção que vemos hoje, mais maduros, com histórias novas e mudanças, o Vilarejo foi  uma obra construída com calma, juntando composições, arranjos e rabiscos o álbum trás parceiros de renome na somatória deste disco “produção executiva e artística foi do KL Jay, Arte Gráfica de Alexandre de Maio, Clipe das músicas Maria Madalena e Oba Clareou filmado com Vras 77, e participação de Edy Rock em uma das músicas, todos essas pessoas são parceiros que já curtiam e respeitavam o nosso som, assim se colocaram a disposição para fazer este novo trabalho acontecer”, comenta Sotaque.

Duas particularidades do Ca.Ge.Be são: o trabalho em família e a presença de uma mulher como MC, sobre a primeira delas, vemos um equilíbrio entre pessoal e profissional muito positivo “trabalhar em família tem suas vantagens, podemos discutir mais sobre o grupo, pois estamos mais próximos, tentamos conciliar a vida familiar e a artística sem misturar as coisas. O que eu(Cezar Sotaque) penso não interfere no que a Shirley pensa”, explica. 

 Autonomia Feminina

“Mulheres quebrem as vassouras ”, canta Shirley Casa Verde, como um alerta, um apoio à mudança de comportamento e a afirmação da mulher como profissional, sem ter que se anular ou se redimir a submissão masculina. Apesar do discurso forte, a MC não se vê como representante de uma classe, apenas canta o que acredita “sou uma lutadora, que acredita na força e  independência que a mulher tem, a mulher historicamente vem construindo e demonstrando que o mundo pode ser de todos e construido por todos, hoje temos mulheres no poder executivo em vários países do mundo, isso é uma demonstração de que a mulher sempre foi forte, e que precisa mesmo é de espaço para poder por em pratica suas idéias e ações”, desabafa.

Sem poupar questões históricas e sociais, Ca.Ge.Be, coloca o dedo na ferida, para sangrar mesmo, e canta Maria Madalena, uma alusão a prostituta retratada nos textos bíblicos, que foi apedrejada e julgada pelo censo comum, a Maria Madalena contemporânea,  é cantada por Shirley e Cézar como aquela mulher trocada por uma moeda, que expões sua vida, seus sonhos e seu corpo e é julgada, apedrejada com palavras por pessoas que  as julgam sem conhecimento da real história de cada uma “precisamos entender todo o contexto histórico para poder tentar opinar sobre o que é certo ou errado, é fácil discriminar alguém por aquilo que a sociedade ‘elitizada’ classifica como incorreto. Mulheres de classe média e alta mostram o corpo em revistas masculinas e ninguém acha imoral. Mas se uma moradora de favela estiver mostrando o corpo em qualquer esquina do Brasil, ela logo será apedrejada e classificada como prostituta” dispara Cezar Sotaque.

O vilarejo mais que um CD é uma obra, um sentimento que da ênfase a idéia de ajuda comunitária “a música é o combustível que alimenta nossas esperanças, O vilarejo simbolicamente é aqui. Não podemos perder de vista a humanidade, sem isto nada faz sentido. Este disco e um livro, com paginas que precisam ser lidas e entendidas”, finaliza Cezar Sotaque.

Clipe Maria Madalena com direção de Vras 77 e Alexandre de Maio

 

Vilarejo com Part. de Edy Rock
[audio:http://www.rapbrasileiro.com/mp3/Vilarejo.mp3]

http://cagebeovilrejo.blogspot.com/

Show
14/01 L0cal: Comunidade Negra de Indaiatuba – Bairro: Cecap
Horário: à partir das 12H

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (18)

  1. Manulupetersen disse:

    Sem palavras, pra mim um dos grupos mais inovadores que conheço, demonstra que o rap não precisa ser ou gangsta, com letras violentas e cara fechada e muito palavrão, ou essas modinhas de ostentação, mulher e festa. Rap é mais, rap é amor, rap é respeito pela família e pelo povo. Ca.Ge.Be. é família, música pra escutar com a família, música inteligente, com muita musicalidade. Ainda me lembro da primeira vez que escutei o "A Gente Briga", me arrepiou do início ao fim.

  2. rodrigo inquerito disse:

    muito bom disco muito bom as produçoes , parabens amigos e boa sorte tamo junto ……
    mais um fazendo mudança !!!!

  3. geremias disse:

    bom demias

  4. muito bom…ca.ge.be representa!

  5. Ca.Ge.Bê grande inspiração musical e de militância parabéns pela caminhada, precisamos de mais disso no RAP Nacional grande abraço!

    Resistência Latina
    *Campinas – SP

  6. Sempre representando com coerencia…

    Um salve pra familia CaGeBe

    segue algumas fotos do show de lançamento:
    http://www.flickr.com/photos/obturadores/sets/721

  7. Bianca Minas Gerais disse:

    Ca.Ge.Bê muito bom adoroooo sou uma mina que ama musicas que falam a realidade com elegancia sem agredir, o Ca.Ge.Bê isso ja estou com meu disco O Vilarejo e aqui em casa minha familia perguntou quem e essa banda dei risada e falei Ca.Ge.Bê para cadagêniodobeco achei que eles aim criticar mais não falaram muito bem da banda rsrsr.
    Meu pai adorou a musica Latinos ele disse que conta um pouco da Historia dele e ouviu ouviu varias vezes pois fala da ditadura um movimento que lutou muito na epoca dele.
    Meu pai chorou de alegria ficou emocionado Ca.Ge.Bê são fodaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
    E so lembrando que o Ca.Ge.Bê facilitou minha vida enviou o disco pelos correios autografado internet move montanhas o endereço esse pra quem quizer vale apena eu consegui comprar por esse email: cagebeovilarejo@gmail.com agradeço pelo o sati que nos traz muito informação Rap Nacional.

  8. pablicio lopes disse:

    sou fan cageb e o grande edy rock me faz acreditar k o novo cd do racionais vai ser loko d+.

  9. Preto Cria disse:

    Ae Ca.Ge.Be a cada rima uma lição de esperança, perseverança é bem por ae grandes representantes do Rap Nacional. Salveeeeeee

  10. Vanessa Uniban disse:

    Oba!Clariou chalalalalaaaaaaa muito bom.

  11. dj dalmo disse:

    satisfação ca ge be os manos do p.i(franca sp) manda 1 salve

  12. marcelo campinas disse:

    salve cagebe respeito vem do vilarejo campinas.

  13. parabéns ao grupo um dos CD que eu mais esperava!

  14. mc cos disse:

    do caralho esse som. cagebe ta ai isso que e rap

  15. ander rap disse:

    é o rap em ação, parabéns, cagebe

  16. Ca.Ge.Be representa até umas horas! O vilarejo ficou muito foda. Refrão monstro com o vocal feminino, e a participação do Edi Rock sem palavras. Poesia pura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print