Twitter Facebook Youtube
Home » Especial-2 » Campeonato de DJ “Quartz – Riscos e Batidas” coloca nos holofotes os melhores DJs de performance do Brasil

Campeonato de DJ “Quartz – Riscos e Batidas” coloca nos holofotes os melhores DJs de performance do Brasil

Por Eliete Lélis

Ao som de riscos e batidas no dia 13 de dezembro, aconteceu no SESC Pompéia, em São Paulo, a final do Campeonato de DJs “Quartz – Riscos e Batidas 2014”, que elegeu os melhores DJs de performances do ano.

kljay-quartzO evento organizado pelo DJ KL Jay do Racionais MC’s, tem como proposta valorizar, revelar e premiar os melhores DJs de performance e é dedicado a aquele(a)s que treinam, são apaixonados pela cultura e querem mostrar o seu trabalho.

Em sua terceira edição, entre público e jurados o evento reuniu cerca de mil pessoas prestigiando os 32 DJs inscritos que passaram por uma seletiva e duas semifinais. Dentre esses, nove chegaram à final, com premiação até o 5º lugar. Uma comissão, formada pelos DJs KL Jay, King e Ninja, avaliou cada apresentação e julgou com base nas categorias técnica, sensibilidade musical, criatividade e performance.

O campeonato exige dedicação, agilidade e criatividade dos competidores que tem três minutos para apresentar suas habilidades e garantir sua posição. Este ano, os cinco talentos de destaque foram: 1° DJ Erick Jay, 2° DJ RM, 3° DJ Abade, 4° DJ Bidu e 5° DJ Shinpa.

jurados-quartz

Os cinco finalistas levaram para casa um mixer Rane 62, um par de toca discos Techinics, um Macbook Pró e acessórios (fones de ouvido, agulhas e shells).

Segundo KL Jay, organizador do campeonato QUARTZ, o evento vem ganhando força gradativamente aos poucos conquistando confiança, novos competidores e público. Por isso, além de ser uma vitrine, o campeonato é um espaço de desenvolvimento e valorização.

A equipe do Portal Rap Nacional foi tr0car uma ideia com o campeão do Quartz 2014, DJ Erick Jay (34), o DJ responsável por dominar “as quadradas” do programa “Manos & Minas”, da TV Cultura e que em 2013 ficou 3º lugar no Quartz. Erick Jay foi indicado para a final do Internacional DMC, um dos mais importantes campeonatos mundiais e é conhecido por ser um dos mais consagrados DJs do estilo rap, funk e black music no Brasil, indicado a diversos prêmios nacionais e internacionais.

.
Primeiramente queremos parabenizá-lo pela conquista do 1º lugar no campeonato Quartz 2014. O que você vivencia nos dias de hoje teve um passo inicial, fale um pouco do início da sua trajetória.
Erick Jay: Eu sempre fui envolvido com a cultura Hip Hop, antes de ser DJ eu era Bboy, as batidas das músicas do break desenvolvia a minha sensibilidade musical. Muitas vezes eu ficava parado ao lado do DJ observando firmemente tudo o que ele fazia, aquilo me encantava e eu dizia “um dia eu vou ser um DJ”.
A partir desse sonho eu comecei a tocar em eventos, era o inicio de tudo, ainda tinha uma longa jornada pela frente. Em 2002 eu participei pela primeira vez do campeonato Hip Hop DJ, o que motivou eu me especializar. Um grande amigo, o DJ Zulu, se dispôs a me ensinar, ele foi um grande professor. Desde então eu passei a me dedicar aos treinos e participar dos campeonatos.
Eu sou exigente comigo mesmo, queria entregar o meu melhor em cada campeonato que participava, a determinação pela melhoria constante contribuía com o meu desenvolvimento, sempre com humildade, claro!

DJ Erick Jay

Você se considera uma pessoa visionária? Quem é o Erick Jay?
Erick Jay: Eu não desisto! Quando quero uma coisa vou até o fim até conquistar e acabo enxergando além.
Eu sou um cara simples, não sou mais que ninguém, simplesmente um cara batalhador que sempre tentou um lugar debaixo do sol. E acredito que a simplicidade é algo sofisticado, tem que ser simples e humilde sempre.

No decorrer da caminhada quantos títulos você conquistou?
Erick Jay: No total foram 12 títulos (campeão), participei de diversos campeonatos referência como Hip Hop DJ, Batalha Liga dos DJs, DMC (nacional e internacional), Quartz entre outros de suma importância para minha carreira.

Fale sobre a sua participação no campeonato Quartz 2014, é a primeira vez que participa?
Erick Jay: Não, estou presente desde a primeira edição em 2012.

Hoje, profissionalmente você vive como DJ?
Erick Jay: Sim, eu trabalho no programa Manos e Minas da TV Cultura e toco em diversos eventos. Já participei de eventos como Festival Tim, Prêmio Hutúz, Virada Cultural, Galeria Olido entre outros.

Em sua opinião, relate a importância desse tipo de evento para a cultura Hip Hop?
Erick Jay: Primeiramente, eu nem sei o que seria de mim se eu não fosse DJ, fui resgatado pela música. São eventos muito importantes para a cultura, capazes de afastar do caminho errado e abrir os olhos para um futuro promissor. Além de revelar talentos também desenvolve o extinto de competição saudável que é benéfico para a vida humana, é um estimulo para ir além e superar barreiras. Eu gosto de desafios!

Você tem planos para desenvolver algum projeto social para formar novos DJs?
Erick Jay: Sim, tenho desejo de criar uma ONG com atividades voltadas à discotecagem para desenvolver os jovens das comunidades, apresentar a rotina e a vivência musical para a molecada, transmitir uma mensagem positiva, dizer para eles que acreditem no potencial e que podem alcançar seus sonhos, basta acreditar.
Já encaminhei projetos com esse objetivo para a Secretaria de Cultura, mas a burocracia é grande e não foram aprovados. Eu não vou desistir, um dia chego lá.

Quais são seus projetos futuros?
Erick Jay: Ser o melhor do mundo (risos), eu participei do DMC World o maior Torneio Mundial de DJs, situado em Londres, alcancei o 4º lugar no Mundial, porém ainda não conquistei o 1º lugar, ainda (risos). Esse é o meu sonho e eu não vou descansar enquanto não conseguir.
Além disso, tenho planos de lançar uma Mixtape com alguns MC’s convidados.

Deixe sua mensagem para os seus fãs e para aqueles que estão iniciando a carreira como DJ.
Erick Jay:
Que eles sempre acreditem no que faz independente das dificuldades, principalmente os DJs, nosso país não oferece estrutura para DJs, mas que eles persistam até conseguir os seus objetivos tá ligado.

Obrigado aos meus fãs por acreditarem no meu trabalho, obrigado por eu ser espelho deles. Eu sou só um cara simples que sempre batalhei, foi muito difícil mas eu consegui. Sejam persistentes, mantenham o foco e fé em Deus sempre!
Nunca será impossível você ser o melhor jogador do Brasil ou o melhor advogado do Brasil, desde que você mantenha o foco.
Seja útil às pessoas, simples e humilde com todos. Principalmente com os seus amigos, pessoas que acreditaram em você, até mesmo quem desacreditou de você porque a sua vitória vai mostrar que estavam equivocadas. Tamo aí sempre.
Obrigado equipe Rap Nacional pelo espaço aberto, acompanho o trabalho de vocês e faço um pedido, que abram mais espaço para matérias de DJs.

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print