Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » Detentos do Rap surpreende e emociona o público durante a Gravação do DVD

Detentos do Rap surpreende e emociona o público durante a Gravação do DVD

Se alguém ainda tinha dúvida de que o rap de protesto continua firme e esta mais forte do que nunca teve a prova na noite de 06 de setembro, durante a Gravação do DVD do Detentos do Rap. Maurício DTS, Daniel Sancy e DJ Colina proporcionaram ao público, que lotou a casa A Seringueira, um espetáculo nunca visto na história do Rap no Brasil, com som e iluminação de primeira qualidade, conforto e segurança. E para celebrar este momento único o Detentos do Rap convidou ao palco os mais importantes nomes do Rap Nacional. Antes das atrações da noite quem animou a festa foi Dj King e seu set de mais de 2h de Rap Nacional.

O show começou com cenas do videoclipe da música “Sequestro”, sendo exibidas num mega telão de led, com 14 metros de comprimento por 3 metros de altura. Na sequencia, interagindo com o videoclipe, os integrantes do Detentos do Rap entraram no palco e cantaram as músicas “Sequestro, “Campo Minado”, “Testemunho” e “100 Glória”.

O primeiro convidado a pisar no palco foi Dj Dri e na sequencia Dexter, que chegou mandando a ideia de que pessoas traíras existem mesmo, mas que Deus é mais. O Oitavo Anjo mostrou todo seu talento ao cantar a  música “Depois que os olhos fecham”.

Kl Jay chegou animado para tocar “Lampada de Aladim” que foi cantanda por DBS no melhor estilo do “Gordão Chefe. Negredo também foi chamado ao palco para cantar junto com o Detentos do Rap a música “Deus do Morro. No final Maurício Dts agradeceu ao grupo e falou o quanto eles eram merecedores de estarem ali.

A música “Ruas de Terra” foi cantada por Maurício Dts e Daniel Sancy com a ajuda do público que fez as rimas do refrão ecoarem dentro d’A Seringueira. Já a voz e o violão de Yzalú emocionou a todos ao cantar: “Me tiraram a paz, quebraram a trégua, transformaram nossa vila num campo de guerra”. Lino Krizz e sua voz inigualável também abrilhantou a Gravação do DVD participando da música “Pulso Forte”. E quem achava que rap e rock não tinham muito haver mudou de ideia depois de ver ao vivo Detonautas e Detentos do Rap cantarem a música “No Rosto de Deus”.

O rapper Douglas, do Realidade Cruel, animou o público ao cantar “Casa Cheia”, uma das músicas mais conhecidas do Detentos do Rap. Entre uma participação e outra Maurício Dts e Daniel Sancy dominavam o palco com todo o talento e experiência de quem esta há anos no Rap Nacional. A interação deles com o público é muito forte e em certos trechos das músicas a multidão cantou tão alto que formou um coral comandado pelos rappers. E quem achou que o telão no fundo do palco já era um excelente cenário para a Gravação do DVD se surpreendeu ainda mais ao ver um Low Rider entrando no palco e saltando. O Impala vermelho em cima do palco deixou a noite ainda mais louca.

“Eu, Deus e Meu Fuzil” é a música que levou Dum Dum ao palco para também celebrar junto com o Detentos do Rap esse momento tão importante. E bastou o escritor do gueto, Ferréz, aparecer no palco para o público recepcioná-lo com muitas palmas. Emocionado, Ferréz declamou a sua parte na música “Guerra Sem Fim. E nada melhor do que um momento como este para uma homenagem.  Mauricio DTS, Daniel Sancy e Dj Colina receberam neste dia o troféu “Honra ao RAP”, prêmio criado pela Revista Rap Nacional com objetivo de  homenagear pessoas que ajudaram a construir a história do RAP NACIONAL, que ainda estão na ativa e sempre honraram o Rap. (mais informações)

Entre as participações mais esperadas da noite estavam dois verdadeiros monstros do Rap Nacional. Mano Brown e Eduardo são sem dúvida os dois nomes de maior expressão do Rap no
Brasil. A aparição de Eduardo era aguardada com ansiedade pelos fãs que diversas vezes gritavam o nome do grupo Facção. Eduardo participou do DVD com a música “João Ninguém”, feita em parceria com o Detentos do Rap. Já Mano Brown interpretou a música “Som do Inferno” e fez isso tão bem que mais parecia que a música era dele mesmo.

No encerramento Maurício Dts e Daniel Sancy chamaram ao palco todos que participaram do evento e neste momento o público não se controlou e invadiu o palco.  A noite da Gravação do DVD do Detentos do Rap marcará para sempre a história do Rap Nacional por vários motivos e um deles é o fato de ter reunido, não só no mesmo evento, mas no mesmo palco, os mais importantes artistas do Rap.

Assista abaixo um vídeo com trechos da Gravação do DVD e depoimentos das participações, de pessoas que foram para prestigiar e também do próprio Detentos do Rap

Cobertura: rapnacional.com.br Texto: Elaine Mafra Fotos: Avelino Regicida Vídeo: Hugo Marques

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print