Sign in / Join

Dina Di: dois anos sem a rainha do RAP NACIONAL

Hoje, dia 20/03/12, fazem dois anos que perdemos a rainha do RAP Dina Di.

Dina Di foi vitima de uma negligência medica, a rapper contraiu uma infecção hospitalar enquanto trazia ao mundo sua filha  Aline.

É difícil encontrar palavras que expressem toda a falta que a Dina Di faz , não somente para o rap mas para sua  família , e principalmente para a pequena Aline.

Hoje, Aline completa dois anos de vida, já Dina Di continuará viva através das próximas gerações e eternizada para sempre dentro do Rap Nacional.

Após enxugar algumas lagrimas que fugiram dos meus olhos, fui obrigado a parar para escrever o que você está lendo enquanto escutava a música “Meu filho, Minhas regras”, da Dina di…

Fiquei agora sem palavras…., então porque parei pra escrever se não tenho palavras para expressar o que estou sentindo ? Também não sei, mas a vontade de chorar é muito grande quando me lembro da nossa amiga Viviane enquanto escuto essa música.

Eu sou pai de dois filhos lindos, a Larissa tem um ano e meio e o Pablo vai fazer três dia 12 agora, daria minha vida pelos meus filhos, acho que é por isso que estou me sentindo mal, digo pra vocês que dificilmente me emociono ouvindo uma música, na verdade foram apenas duas que me deram esse sentimento em minha vida, a primeira foi EPITAFIO dos Titãs e agora enquanto trampava a cabeça a mil por hora chegou a adormecer quando escutei o refrão “Eu quero ver, meu filho crescer, aí você que quer só me fazer o mal,  vou dizer que não há, além de Deus o que me faça parar, não há , derrota aqui! Derrote alguem que nasceu pra vencer”.

Sei que não devo, mas nessas horas questiono a Deus o porque levá-la quando ela estava em um momento de extrema felicidade? Depois de tudo que ela enfrentou, depois de tudo que sofreu conseguiu vencer os vicios, conseguiu superar as visitas na penitenciaria até que seu marido conquistasse a liberdade, enfim realizou o sonho dela que foi o casamento, me lembro cada palavra de vitória que ela me disse no dia da festa de casamento no Sesc Itaquera, que na verdade foi uma verdadeira confratenização entre ela, o marido e a família com os amigos mais próximos.

Nesse dia ela me falou “Mandrake você nao tem noção do quanto estou feliz, eu sofri pra caramba na minha vida e hoje posso dizer que to feliz, to do lado de quem eu quero longe de vicios e mais perto de Deus, eu me converti Mandrake, agora sou testemunha de Jeová” . Eu fiquei muito feliz ao ouvir isso de alguem no qual eu era fã,  além de ser amigo.

Alguns meses depois,  no dia 19 de março, a noticia que deu um baque em geral e eu não acreditei. Nossa rainha do RAP NACIONAl, Dina Di, havia falecido após dar a luz a uma linda menina por conta de uma falha do hospital, uma infecção hospitalar.

A música está na metade, o refrão voltou novamente, falei com o Chuck no MSN, marido da Dina di, que me disse que está a mil por hora, e que a neném está bem, graças a Deus.

Fico imaginando a cabeça da criança quando começar a entender, a pequena Aline não vai conhecer a mãe dela, não vai aproveitar o leite materno e nem ganhar carinhos e cafunés da mamãe, mas tenho certeza que ela vai saber quem foi e o que ela enfrentou e que salvou muitas vidas, especialmente a dela.

Mas tenho certeza que a pequena Aline vai chorar bastante quando tiver idade para entender e também escutar essa música….

Deixa eu voltar ao trabalho,  meu dia começou às 7 da manhã e só terminar depois da da 1 da madruga,  tô  cheio de trampo atrasado, sei que você também deve ter muita coisa pra fazer, me desculpa por ter feito você parar pra ler, mas as vezes é preciso parar, parar pra chorar…

Mandrake

 

41 comments

  1. Ricardo Brown 21 março, 2012 at 01:05 Responder

    Dina Di com certeza vai deixar muitas saudades. E aposto q vai ter outras como ela pra poder cantar o verdadeiro Rap Nacional, defendendo suas opiniões e ser mais uma voz do Brasil.

  2. Preto Cria 21 março, 2012 at 01:23 Responder

    Mandrake Rap Nacional através da sensibilidade dessas palavras vc conseguiu representá os milhões de fãs que a RAINHA DO RAP NACIONAL deixou orfãos. Porém, sua música estará sempre viva em nossos corações
    Atenciosamente Preto Cria

  3. Jeferson Montenegro 21 março, 2012 at 02:36 Responder

    ela deixou saudades para muitos, hoje as mulheres tem a voz de para se espelhar…dina di eternamente em nossos corações…

  4. Césinha Impacto Consciente 21 março, 2012 at 12:28 Responder

    Realmente uma grande perda, não só para o Rap nacional, mas para toda a cultura Hip Hop! Deixou saudade…

    • Welington Rodrigues 21 março, 2012 at 13:23 Responder

      É dificil, eu lembro como se fosse hoje o primeiro show dela aqui em Goiania no Centro Cultural Matim Cerere, era 1997 ela e a Tum cantando Confidencias, eeeee saudade e me lembro do Mano Brow no show que o Racionais fez aqui na Eclipse no dia que ela morreu ele falou assim " Dina Di Va em paz obrigado por tudo" e eu fui direto pra internet ver a incompetencia de um Hospital, amo muito as musicas e a historia dessa GUERREIRA DE FÉ.

  5. David Oscar 21 março, 2012 at 15:00 Responder

    O Rap morreu 50 % para mim … sem demagogia mesmo entendeu !
    Dá um vazio entrar no MSN e saber que quem tá on line não é ela … de ligar na casa dela e saber que quem vai atender não é ela !
    Estavamos preparando pra fazer um som junto, infelizmente não foi possivel … por que assim que ela chegou de viagem já foi para o hospital dá á luz …

    Mais podem anotar que 2012/2013 meu grupo Maternidade Bagdá vai lançar o som GANGSTA ORFÃO uma singelissima homenagem a nossa mãe do RAP … VIVIANE LOPES MATIAS : DIAN DI !!!

  6. Dú Rap Mc 21 março, 2012 at 19:37 Responder

    É louco as vez queria entender porque acontece essa coisas na nossa vida mais deus sabe oque faz. A rainha Di nadi, sempre estara viva em suas musicas poeticas e em nossa mente esteja em paz DI NADI !!

  7. Bill Parakleto 23 março, 2012 at 01:56 Responder

    Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos.
    Salmos 116:15
    Sabemos em quem temos crido.Aos familiares, que Deus possa dar força e confortar os corações dos que ficaram.Aguardemos com paciência no Senhor a chegada de nossa hora, que certamente também chegará. paz a pequena aline e familia

  8. Karine Baldaia 26 março, 2012 at 15:51 Responder

    o que dizer de um ícone do rap nacional? sei q além de rapper, Dina di, era uma mulher guerreira em tudo que fazia, e digo q já me inspirei nela diversas vezes pra compor tbm meus raps….. deejo a felicidade para seus familiares e amigo e termino dizendo que "NÃOCAI UMA FOLHA DA ÁRVORE SE NÃO FOR A PERMISSÃO DE DEUS", tudo tem explicação mas cabe só a Deus saber o porquê de tudo… Beijos a toods

  9. Edvaldo Ribeiro da Rocha 21 maio, 2012 at 18:11 Responder

    Dina Di- a nossa Quenn Latifah Brasileira, se eu tivesse grana já iria fazer uma Casa do hip hop com o nome dela e outra com o nome do Sabotage. Imaginem só- Centro Cultural Dina Dí.Ou centro cultural Sabotage.Por isso a periferia precisa se concientizar estudar ao invés de abandonar a escola, só o 2° grau já nâo me satisfaz, eu quero é curso superior, mestrado , doutorado e algo mais.vou correr atrás. Como diz o Facção::: Por isso vai pro colégio e tenta ser o arquiteto não faça os porcos aplaudirem mais um nóia analfabeto.que bate na coroa pra fumar o rádio… na mão de traficantes amanhece esquartejado ou pega a sua 380 e faz a planta do banco, atira no segurança chuta o refém que tá chorando, cata o malote esvazia o cofre descarrega na cabeça do gerente sua nove ou poe a roupa de carteiro pra enganar o porteiro , enquadrar o prédio inteiro e roubar jóia ou dinheiro… pra ás seis horas eu te ver no cidade alerta ….algemado com hematomas tipo cachorro numa cela o sistema tem chorar não com vc matando na rua o sistema tem que chorar vendo a sua formatura…………………. Letra contundente, mensagem conciente… só erra quem quiser errar…….. facção centrallllllllllllllllll o orgulho do rap nacional……………………..

Leave a reply