Twitter Facebook Youtube
Home » Especial » Douglas, DJ Bola 8 e o Senador Eduardo Suplicy discutem políticas públicas para o Hip Hop

Douglas, DJ Bola 8 e o Senador Eduardo Suplicy discutem políticas públicas para o Hip Hop

por: Paula Farias

Na última sexta-feira (24) aconteceu uma reunião entre o Senador Eduardo Suplicy, DJ Bola 8 e Douglas-Realidade Cruel, em um restaurante de São Paulo.

Como todos sabem o Senador Suplicy é um grande admirador do rap nacional, já demonstro inúmeras vezes seu amor pelo rap, cantando versos do Racionais durante audiências no Congresso Federal e sempre que possível o senador comparece a shows de rap no Capão Redondo principalmente no evento 100% Favela.

Em virtude de tudo isso o senador se reuniu junto com os manos do Realidade Cruel para discutirem políticas públicas para o Hip Hop.

Durante a reunião o Senador Suplicy reafirmou a importância do movimento Hip Hop dentro de seu governo, o reconhecimento da força cultural do movimento dentro da periferia e o quanto ele enquanto senador está disposto a ajudar e incentivar o Hip Hop.

E por sua vez Douglas, junto com o DJ Bola 8 reafirmaram o quanto o Hip Hop tem força, que apesar das tentativas de boicote por parte do sistema o movimento persiste.

Os eventos continuam acontecendo de forma independe e reunindo milhares de pessoas em todos os lugares do Brasil, que a força do rap não se resume a São Paulo, que não existem barreiras para o rap.

E reforçaram que o rap nacional possui uma enorme admiração pelo senador que sempre apoio o movimento e cobraram  uma atitude diferencial na aplicação de políticas publicas em prol do Hip Hop.

Os encaminhamentos da reunião prosseguem novos encontros devem acontecer e as expectativas é que uma grande parceria seja consolidada.

Aproveitando a ocasião Douglas e o DJ Bola 8 entregaram para o senador  a terceira edição da  revista do Rap Nacional, Eduardo Suplicy ficou admirado com a  publicação.

Para finalizar o senador foi convidado para participar do grande show Gangsta Paradise 02, agradecido pelo convite o  afirmou que fará o possível para comparecer.

Para Douglas e DJ Bola 8 o encontro foi muito produtivo varias questões foram abordadas e a boa vontade do senador para com o Hip Hop ficou bem evidente.

Agora é aguardar o desenrolar dos acontecimentos e continuar em constante diálogo com o poder público, já que o Hip Hop é a maior expressão cultural do Brasil e merece muito respeito e atenção.

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (18)

  1. Muito bom, Parabens ae pro Douglas e Pro Bola 8… Levando a Integridade do Rap Nacional !

  2. Eduardo Suplicy é RAP na veia, o cara vive envolvido sempre assim, quem não se lembra que ele já cantou Homem na Estrada no Senado Federal! Douglas ai é nois vei, DJ bola parabéns, que outros rapers sigam esse caminho, porque até agora eu vejo apenas música e nada de luta!

  3. o rap e a maior arma que nos temos.

  4. Marcio Brown disse:

    O Hip Hop não é só música, também é ação social e ação politica cultural. Em varias cidades do país foram aprovadas leis da Semanas da Cultura Hip Hop, no Estado de SP, foi aprovado o dia Estadual do Hip Hop assim como tem em outros estados. Nada mais justo que os parceiros político que o Hip Hop Brasileiro tem, tomem posições e nos ajudem a colocar orçamento anual nesta leis que foram aprovadas, que não tem orçamento, garantindo a sua merecida execução e exposição para sociedade de forma digna. Fiquei muito feliz de var meus manos do Realidade Cruel, Claudinho Silva e Eduardo Suplicy dialogando sobre politicas públicas para o Hip Hop. Estamos juntos com vcs…!!!

  5. Parabéns ao Realidade cruel pela iniciativa, e pode contar com o meu apoio moral.
    é bom dar o primeiro passo pra depois outros viram.

  6. E isso mesmo o Eduardo Suplicy Eu acho que e o unico que entende a voz do nosso povo parabens a os manos do Realidade Cruel e o Mano Bola oito e nóis…

  7. Igor Silva disse:

    o rap Brasileiro na visão dos politicos poderia ser igual aos Estados Unidos lá o o rap tem total liberdade e carta branca para opinar e fazer o que se acha bem para o rap com autorização do barack obama, poderia se rigual aqui no Brasil os politicos entenderem o rap brasileiro como é e aceitar isso, não virar as costas e tampas os ouvidos para o rap para nao saber a verdade que sao ditas, garanto que se a politica tivesse um pouco de interesse no rap poderia melhorar e muito, mais como vemos bastante politicos corruptos no Brasil fica dificil acreditar neles, mais temos a minoria que é oEduar suplicy.

  8. Adilson Alves Arouck disse:

    Qual o outro estilo musical faz o que o rap nacional faz? Nao sei se é para comemorar ou lamentar

  9. Felipe Souza disse:

    Só falta agora o Suplicy cantar uma música de realidade cruel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print