Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » Elis Regina: o espelho para vários MCs

Elis Regina: o espelho para vários MCs

“Mas o dia da igualdade está chegando seu doutor”, cantou a celebre Elis Regina que nos deixou há exatos 30 anos

 

por Cris Oliveira

 

Elis perpetuou-se por ser um ícone da MPB e com versos que levantam entre outros temas, problemas sociais, letras que inspiraram a carreira de vários  MCs, como é o caso do MC Criolo que na madrugada desta quinta-feira (19) mostrou para o Brasil seu “Nó na orelha”, o cd que é uma mistura de livros e poesias, rabiscos dos 23 anos de carreira e sentimentos.

Pesquisando um pouco mais sobre a vida da cantora, encontrei similaridades que podem comparar a vida artística de Elis à vida de uma MC. A primeira delas é a presença de Elis em um cenário maciçamente masculino, o comportamento forte da cantora também eleva nomes como Carol (Realidade Cruel), Flora Matos, ao mesmo nível que Elis, feminina, guerreando por meio de sua voz com homens fortes, mas que se rendiam ao encantamento da cantora, abriam ala, e se viam surpreendidos não pela beleza, mas sim pela musicalidade e voz de Elis.

 

Outro MC que integra valores musicais vindos da MPB e carrega uma dose de Música Popular Brasileira as suas canções e o músico Felipe Rima que se diz aficionado pelo estilo musical e faz questão de mesclá-lo ao seu Rap, além é claro das poesias musicadas outra paixão levada em suas letras. O recém-lançado álbum “Entre o Batuque do Coração e a Poesia da Vitória” é um exemplo compacto do trabalho do músico com a MPB e a fusão com o ritmo e a poesia originários do rap. Claro que ali há, também, muito da crítica social presente nas canções de Elis, bem como a musicalidade imposta pela cantora.

 

 

Já o grupo Função Original faz a soma de Rap com samba criando um estilo particular, produzindo um rap malandreado uma pegada diferente, que como música cabe tanto numa roda de samba como numa roda de rima. Sobre a Elis, os jovens Renan e Leo enxergam nela a tradução de uma música além ritmo, inspiração na hora de compor o Rap/Samba usando a feminilidade malandreada da cantora.

 



Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (3)

  1. Preto Cria disse:

    Elis Regina além de inspirá as mulheres a estarem lutando por seus espaços é uma grande fonte musical pra todo artista brasileiro da ala masculina. Conhecer o Universo Musical da MPB sem apreciá os encantos deixados pelos trabalhos de Elis Regina é cometer um imenso pecado. Parabéns a todos aqueles que congratulam os companheiros do passado que por sinal pavimentaram a estrada para que tenhamos uma cota mais suave. Muito obrigado pela influência Elis Regina.

    Atenciosamente

    PRETO CRIA – RAPPER HÁ 19 ANOS, ESTUDANTE, ESCRITOR,
    PALESTRANTE DA CULTURA HIP HOP E UM DOS COLABORADORES
    DO PORTAL RAPNACIONAL.COM.BR/LITERATURA

  2. Guilherme disse:

    musica pra todos ouvirem

  3. geremias disse:

    mas o dia da igualdade ta chegando seu doutor… inicio da musica do GOG… A RIMA TEM URGENCIA O CASO E COMPLICADO TEM QUE SER CERTEIRA NAO PODE ERRAR O ALVO….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print