Twitter Facebook Youtube
Home » #Rede Rap Nacional » Artistas » Em entrevista exclusiva Mv Bill fala sobre novo clipe que será lançado hoje

Em entrevista exclusiva Mv Bill fala sobre novo clipe que será lançado hoje

Mantendo a chama acessa do RAP que toca nas questões sociais e mazelas das grandes cidades, MV Bill lança nesta quinta (18) o videoclipe da inédita “Cidade do Pecado”.

Em uma música que mostra a verdadeira cara do atual Rio de Janeiro, Bill convidou o funkeiro MC Cidinho. Mas para quem pensa que vem música comercial e sem conteúdo por aí, está muito enganado.

Na véspera do lançamento deste novo trabalho batemos um papo com o rapper, que conta um pouco do que você vai conferir mais tarde. Se liga nas ideias de Mv Bill e volte aqui no Portal Rap Nacional às 16h para conferir o videoclipe em primeira mão:

Nos fale um pouco sobre a temática deste trabalho com o MC Cidinho
“Cidade do Pecado” é uma música que eu compus e o Cidinho faz a participação cantando, a letra é minha e ele participa mas eu compus pensando nele. Eu queria fazer uma musica que falasse do Rio de Janeiro, mas não de forma romântica, lembrando de um Rio de Janeiro que já não existe mais, mas sim falando do que ele já é a um bom tempo, que é um estado que ao mesmo tempo que é encantador é bastante perigoso, que tem belezas e perigos à todo momento, as vezes tão próximos e na mesma proporção, foi o que trazemos dentro desta música. Até na hora de pensar na parte músical, também tomamos cuidado em pensar deste lado.

Misturar RAP com Funk, deu certo?
O Rap e o Funk são frutos da mesma árvore, são ritmos próximos, são irmãos! A origem, a cor de quem faz tem muita proximidade. As vezes alguns MC’s do funk entendem errado ou levam para outro lado, assim como alguns MC’s do rap também o fazem, que as vezes entendem errado ou quer simplesmente levar pra um outro lado que foge um pouco da essência. No funk eu fiz questão de buscar um cara que além de ter essência, tem raiz e historia dentro do funk. Toda vez que alguém quer falar de algum funk que seja considerado positivo, pensa na musica do MC Cidinho, que é o rap da felicidade, então fazer com ele tem essa conotação que agrega dentro da minha música, além da gente ser do mesmo lugar, da mesma área, da CDD. Eu comecei no RAP e o Cidinho me viu no palco com meu primeiro grupo, que era o Geração Futuro e depois ele montou o primeiro grupo dele que chamava The South, só depois ele fez a dupla Cidinho e Doca. Tem muitas historias que nos envolve e nos juntar neste momento foi muito importante. Fizemos uma junção que ficou meio a meio, um pouco de RAP e um pouco de Funk, que é a área dele.
 .
Como e onde foi gravado o videoclipe “Cidade do Pecado”?
O videoclipe foi gravado no Rio de Janeiro, em varias partes do rio e foi dirigido pelo Beni, que é o mesmo cara que dirigiu o clipe anterior que é o “Vida Longa”, além do clipe, o Beni também assina a produção musical “Cidade do Pecado”. O clipe foi um pouco difícil de fazer porque foi gravado a noite, então cenas noturnas são um pouco mais difícil de fazer por conta de iluminação, principalmente com pessoa pretas, pessoa afrodescendentes, a iluminação é um pouco especifica, mas o Beni é um cara muito especial, porque além de MC, ele é produtor musical e também diretor de videoclipe, então ele tem uma visão bem boa. Eu passo pra ele um pouco da minha ideia, ele pega a ideia e transforma em uma coisa muito mais legal, só que respeitando a minha ideia inicial.
 .
Mv Bill já tem algum próximo lançamento no pente?
Eu estou trabalhando bastante com singles, então toda concentração vai para uma única música. Diferente de quanto a gente concentrava tudo em um álbum com 16 faixas e acabava não priorizando uma. Agora não, são todas as atenções para uma música só, aí nesse momento eu to focado nessa e pode ser que no futuro eu me inspire e faça outras, mas neste momento “Cidade do Pecado” é meu foco total.
 .
O que podemos esperar do Mv Bill ainda neste ano?
Bom esse é um ano que eu já lancei duas músicas, “Vida Longa”, “Tio Bill” e também participei com Dj Caique, Kmilla e NGA na “Um Só Coração”. Agora “Cidade do Pecado” e talvez tenha mais coisa ai, não necessariamente mais músicas, mas eu to trabalhando para ter mais novidades para estar sempre movimentando uma outra parte do RAP. Pois o rap começou a ter vertentes né, tem vertente mais animada, tem vertente que falam de outros assuntos fora da realidade que o Brasil vive atualmente, outros falam mais de diversão, outros falam mais de maconha e tem esta vertente que toca nas questões sociais, nas mazelas das grandes cidades, que é a linha das minhas ultimas musicas que eu pretendo dar continuidade para que esta chama continue acesa.
.
Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 
 
Email
Print