Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » TV x RAP: Enquanto uns recusam o convite, outros são boicotados

TV x RAP: Enquanto uns recusam o convite, outros são boicotados

Parece que a grande mídia brasileira esta ouriçada atrás do RAP, ou melhor atrás da audiência que o RAP arrasta.

Em meio a convites aceitos, divulgações e a invasão do RAP na grande mídia, ainda vemos algumas resistências e também falta de respeito.

Na semana passada, GOG foi convidado mais uma vez, a participar de um evento que terá realização e transmissão da Rede Globo e mais uma vez, o poeta do RAP NACIONAL recusou o convite.

“A Rede Globo me mandou outro convite: querem que eu suba ao palco na Esplanada dos Ministérios no 15 de junho de 2014, num evento produzido em parceria com a FIFA e outros mais com transmissão para todo o planeta. 
Gostaria dar minha resposta em cadeia mundial, aqui e agora, dia 06/12/13, dia do sorteio dos grupos para a Copa. NÃO ACEITO O CONVITE, NÃO NEGOCIO COM VOCĒS, NÃO ME PROCUREM MAIS, ESQUEÇAM O MEU NOME!”,
Ah, vocês patrocinam o apartheid brasileiro.  Bando de Racistas!!!!! Tirem o nome de Nelson Mandela dos noticiários sujos de vocês! Ufa!!! Me sinto melhor agora.”, desabafou GOG.

Na mesma semana foi ao ar o programa “Caixote” da TV Câmara, o qual GOG foi convidado para ser apresentador de uma série de entrevistas com os temas: Maioridade Penal, Sistema Carcerário e Desarmamento.

960221_10200929810119813_689144037_n

Um dos convidados e entrevistados foi o politizado rapper Japão, do grupo Viela 17, que falou sobre a Maioridade Penal. Teria tudo pra ser mais uma grande porta aberta ao nosso movimento, se não fosse a censura e falta de respeito por parte da produção do programa que cortou a entrevista do vocalista do Viela 17 na edição! Indignado, Japão se manifestou-se nas redes sociais:

“Acabei de assistir o programa CAIXOTE da TV CÂMARA na qual concedi uma entrevista sobre o assunto MAIORIDADE PENAL.
Programa esse, MUITO BOM mas que me deixou FRUSTADO, gastei tempo, fiz um desdobro para ajustar minha agenda e por fim fui CENSURADO.
Infelizmente fiz esta entrevista, pois acreditei que por ser apresentado pelo GOG e de um assunto SUPER INTERESSANTE, eu poderia de uma forma DIRETA e DESAFIADORA deixar meu HUMILDE DEPOIMENTO, mas valeu a pena passar por isso, para notar que meu lugar e minhas ações devem ficar a cada instantes, mas distante disso tudo.

DETALHES: Nem fui comunicado em momento algum que seria BOICOTADO, fiz de forma AGRADÁVEL e ATENCIOSA da parte da minha EQUIPE para com a produção do programa e recebemos o SILÊNCIO como resposta.

DECEPCIONADO.”

Afim de entender o porque do boicote, a assessoria do Viela 17 entrou em contato com a produção da TV Câmara, mas ao menos responderam o rapper, que promete falar mais sobre o assunto em um vídeo que em breve divulgaremos aqui!

Boa tarde a todos(as).
Tentamos através da minha produção o contato com a TV CÂMARA para saber deles o motivo do BOICOTE da minha entrevista sobre Redução da Maioridade Penal e não obtivemos respostas alguma.
Portanto deixo aqui registrado que este assunto está encerrado, mas estamos preparando um vídeo na qual declaro meus pensamentos sobre o assunto.
Agradeço a todos e todas que entenderam minha frustração, mas prometo no vídeo explicar o meu parecer sobre a tal história a quem possa interessar é claro.

Vamos a próxima fase…..

Japão

Já GOG se pronunciou dizendo que em nenhum momento teve acesso ao material colhido e nem ao produto final, antes dele ser postado na internet, o que deixa ele totalmente isento de responsabilidade quanto ao conteúdo final apresentado e agora disponível.

Outro fato envolvendo a grande mídia aconteceu no inicio de novembro, no qual o rapper Eduardo (Ex Facção Central), teria sido convidado a participar do programa do Jô Soares, para falar sobre o livro “A Guerra Não Declarada na Visão de um Favelado”, o mesmo não aceitou o convite que segundo informações teria direito até a cache. A esposa e assessora de Eduardo, Fátima Taddeo respondeu o questionamento de fãs no facebook:

eduardo-jo

O rapper falou sobre isso em uma palestra recentemente no evento “Pensem nas crianças”, em Embu-Guaçu. O vídeo já esta repercutindo na internet, clique aqui e confira.

E você? O que tem a dizer sobre isso? 

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print