Twitter Facebook Youtube
Home » Especial » "Gueto Em Festa" o programa dos manos e minas de língua portuguesa

"Gueto Em Festa" o programa dos manos e minas de língua portuguesa

Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Thomé e Príncipe e Timor Leste o que esses países tem em comum além de ambos falarem a língua Portuguesa?

Grupos de rap desses países participam da programação do Gueto Em Festa que é o primeiro programa de Hip Hop dedicado aos países de língua portuguesa.

O programa é produzido em Lisboa-Portugal, e pertence ao Hip Hop. “Somos totalmente independente, produzimos, editamos, colocamos na grade de programação, a rádio  tropical FM apenas abre o espaço o Gueto em Festa é de todos nós do movimento Hip Hop. Nós apenas fazemos com que vá ao ar e garantimos a qualidade da programação”, declara DJ loco um dos idealizadores do programa.

Sendo tão inovador e revolucionário um programa de Hip Hop dedicado à língua portuguesa, é claro que o maior grupo de rap nacional do Brasil, Racionais MCS tinha que ter uma relação com esse fato. “O programa foi lançado em marco de 2010  durante um show dos Racionais Mc´s em Portugal, o Mano Brown e o Ice Blue nos deram apoio total”, relembra  DJ Loco.

Toda a programação é dedicada a quebrar barreiras, levando e divulgando o rap em várias regiões. Tanto que é possível encontrar pelas ruas de Lisboa, angolanos cantando músicas do Realidade Cruel, com sotaque mas cheios de estilo e conhecimento porque eles pesquisam tudo que sai de novo.

A grade de programação é bem diversificada e atende aos pedidos dos ouvintes que mandam seus pedidos, por email, via redes sociais ou por telefone. Rap nacional toca desde Dina Di, Dexter, Realidade Cruel, Gog, Facção Central, entre outros brasileiros. E os grupos de rap dos demais países de língua portuguesa também marcam presença na programação. “Recentemente recebemos uma música de um grupo da Guine Bissau que fez bastante sucesso. O português é uma língua muito rica temos qualidade sonora suficiente para exibir mais uns 500 programas como o Gueto Em Festa espalhados pelo mundo”, declara DJ Loco entre sorrisos.

O programa também ajuda a divulgar o trabalho de grupos novos com a última hora  dedicada para os que enviam suas músicas por e-mail. Já que não basta apenas fazer música, quem faz precisar ter onde tocar, pois sempre vai ter alguém que para ouvir, esse é o trabalho do programa tocar rap, preservando a língua portuguesa e toda sua cultura.

E o Gueto Em Festa deseja muito mais e os próximos passos será uma visita aos países africanos para conhecerem os ritmos das ruas pessoalmente como explica o DJ Loco. “Nosso meta é analisar todos os países que tem rap na nosso idioma e eu pretendo ano que vem visitar esses lugares, um país da África  sofre muito mais que qualquer estado mais pobre do Brasil, e mesmo assim os  caras conseguem ter uma qualidade musical muito louca e colocam muito sentimento no som”.

E o rap nacional na opinião do DJ Loco que há 6 anos mora em Lisboa e frequentemente vem ao Brasil, ele dispara. “Nós o rap nacional como um todo evoluímos muito não dependemos mais de ninguém, temos o público que nos ouvem, temos rádios, produtores de música e vídeo, tudo para que possamos  realizar  bons trabalhos, os grupos devem procurar se profissionalizar cada vez mais usufruir de bons recursos”.

Sobre as divisões que existem no rap nacional DJ Loco manda um recado. “O rap não é meu nem de ninguém e temos que respeita- ló independente de onde venha, uns dizem que o rap é um par de toca discos e um mc cantando, outros que é responsabilidade social pra mim e isso tudo e mais um milhão de coisas”.

Como diria o poeta Sérgio Vaz “ Gueto em Festa a verdadeira embaixada do Brasil na Europa”.

 

Grupos podem  mandar músicas  para o programa através do email guetoemfesta@hotmail.com .

Depois é só sintonizar pela rádio www.tropicalfm.pt o programa vai ao ar todos os finais de semana as 14h horário de Brasília.

 

Matéria: Paula Farias

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (7)

  1. Edson Leitte disse:

    E ISSO AI! Obrigado Paula Farias pela recepção e atenção! Obrigado Mandrake Rap Nacional , O movimento hip hop agradece!!

  2. Césinha Impacto Consciente disse:

    Grande idéa, um trampo de responsa… é a nossa cultura se expandindo quebrando barreiras!

  3. Gostei da entrevista, com esses projetos vai longe com certeza.

  4. adicionando o link aos favoritos pa curti o barato sabadão

  5. Le Eloi disse:

    Isso mesmo, todo apoio a comunidade Brasileira na Europa, Salve Dj Loko e salve Dj Dico espero te ver logo aqui no Brasil pra gente desenrolar nossos projetos, um salve e muito sucesso RAPA.
    @leeloihiphop
    Le Eloi Poder Paralelo, lado Leste.

  6. Betao AC disse:

    sumemo esses trutas ai representao o movimento tamu juntao parça e nois pz..

  7. Lucas Santos disse:

    us caras sao correria no hip hop !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print