Twitter Facebook Youtube
Home » Discos » Instituto lança novo disco com música inédita do Sabotage

Instituto lança novo disco com música inédita do Sabotage

“Violar” é o nome do novo álbum do Instituto, que chega com 13 faixas e dezenas de participações especiais, entre elas um som inédito com a lenda Sabotage, que faleceu à 12 anos.

Formado pelos sócios, produtores e músicos Rica Amabis, Tejo Damasceno e André Lucarelli, o selo Instituto é um dos responsáveis por expandir e revelar o trabalho do Maestro do Canão no primeiro disco intitulado Coleção Nacional, lançado em 2002 e que trouxe algumas músicas com o finado Maurinho. Instituto também é responsável pela trilha sonora e parceria com Sabotage no filme O Invador, o selo também criou, mixou e produziu som com uma pancada de gente legal: Nação Zumbi, Planet Hemp, Fernandinho Beatbox, Bonsucesso SambaClube, Autoload, Ultramen, Comunidade Nin-Jitsu, Mamelo Sound System, Dona Cila do Coco, Kid Koala, Gaspar, Funk Buia, Rappin’ Hood, BNegão.

Depois de vários anos e inúmeras mudanças, Instituto enfim lança um novo material e um dos grandes destaques é a faixa “Alto Zé do Pinho”, onde Sabotage resurge com versos inéditos ao lado de Sombra, Nação Zumbi e Otto.

Além de Sabotage, o disco “Violar” que acaba de lançado pela YB, também conta com participações especiais de Criolo, na faixa “Vai Ser Assim”, Karol Conká em “Mais Carne”, BNegão em “Seco”, entre vários outros nomes fortes não só do RAP, mas da música no geral!

Ouça o álbum na íntegra no Spotify:

“Polugravura” (com Tejo Damasceno, Pupillo, Dengue e Thiago França)
“Vai Ser Assim” (com Rica Amabis, Criolo, Junior Areia, Tony Allen, Lanny Gordin, Axé, Gustavo Da Lua, Thiago França e Fred Zero Quatro)
“Alto Zé do Pinho” (com Sabotage, Nação Zumbi, Otto, Sombra, Rica Amabis e Tejo Damasceno)
“Mais Carne” (com Tulipa Ruiz, Karol Conká, Rica Amabis, Tejo Damasceno, Alexandre Basa e Mike Relm)
“Na Surdina” (com Jorge du Peixe, Rica Amabis , Luca Raele, Dengue e Rob Mazurek)
“Bossa Chineva” com Rica Amabis, Dengue e M.Takara)
“Pacto com o Mato” (com Curumin, Rica Amabis, Marcelo Cabral, Gui Amabis e Mike Relm)
“Tudo Que Se Move” (com Tulipa Ruiz, Rica Amabis, Lúcio Maia , Dengue e Gui Amabis)
“Seco’ (com Tejo Damasceno, Rica Amabis, Lyrics Born, Joyo Velarde, BNegão, Thiago França e Klaus Sena)
“Ossário” (com Rica Amabis, Marcos Gerez, Tejo Damasceno, Fernando Catatau e Luca Raele)
“Isso é Sangue” (com Tejo Damasceno, Daniel Ganjaman, Rica Amabis, Kiko Dinucci e Jorge du Peixe)
“Irôco” (com Rica Amabis, Klaus Sena, Guilherme Held, Kiko Dinucci, Thiago França e Juçara Marçal)
“Baía” (com Tejo Damasceno, Thiago França, Tony Allen e Maurício Alves)

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print