Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » Liberdade já para o mano Nego Lê, do Consciência X Atual

Liberdade já para o mano Nego Lê, do Consciência X Atual

Mais um rapper preso injustamente, desta vez Nego Lê do grupo Consciência X Atual.

No inicio do ano acompanhamos o caso de Mc BB Gigante, que conseguiu comprovar sua inocência conquistando a liberdade.

Foram inúmeros os protestos e apoio dos fãs e amigos que motivaram a ação dos advogados. E desta vez pode ser igual, vamos lutar pela liberdade de Nego Lê.

ALEXANDRE FERREIRA, o Nego Lê, está preso por mandado de prisão preventiva por um crime de tráfico ocorrido no ano de 2010, porém não consta nada no inquérito policial ou na ação penal que possa vinculá-lo à referida prática criminosa. Não existe nenhuma sentença ou prova material que possa justificar sua prisão ilegal.

“Não ha fragrante, não ha escuta, nem caguetagem, que associa-se ele nesse Bang”, afirmou Dj Yzak.

Sua defesa em primeira instância ja pediu relaxamento de prisão e liberdade provisória que foi negada pela Juíza da Vara Unica da Comarca de São Simão. A fundamentação da prisão cautelar em nossa opinião não poderia ensejar a prisão determinada. Um pedido bem elaborado de Habeas Corpus ja foi confeccionado e deve ser protocolado hoje no Tribunal de Justiça de São Paulo. Esperamos que o colegiado de 2ª instância faça valer a justiça, bem como a lei penal brasileira e determine a imediata liberdade de nosso assistido. Em breve publicaremos o resultado.

“O Lê tem residência fixa, tem trabalho, nunca prejudicou as investigações, alias a unica vez que foi intimado nesse processo, compareceu !!! Pergunto a meus parceiros (as).. Apreventiva teria necessidade e fundamentação nesse caso? enfim… contamos com todas as vibrações positivas para as finais com desfecho favorável, forte abraço obrigado pela atenção de todos !!!”, finaliza o Dj do grupo Consciência X Atual.

Pedimos aos leitores do Portal RAP NACIONAL, amigos e fãs, que deixe aqui nos comentários sua mensagem de incentivo para que seja enviado em uma carta para Nego Lê.


Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

 
Email
Print