Twitter Facebook Youtube
Home » LM » [LM] 13 de Maio. E o dia seguinte? PRETO CRIA

[LM] 13 de Maio. E o dia seguinte? PRETO CRIA

 

                                                                                            

Brasil – o último país das Américas que aboliu a escravidão em 13 deMaio de 1888. E o dia seguinte?

O nosso troféu de REPARAÇÃO foi violentamente reprimido pela política brasileira com a vinda, em larga escala de imigrantes europeus.

No dia seguinte da abolição uma patricinha de nome “Isabel” ainda é proclamada como fada madrinha e salvaguarda de gente preta nos livros de História. Além do mais, convivemos com conceitos e opiniões que no imaginário das pessoas ainda define o “lugar” de gente preta nos ambientes sociais.

No dia seguinte da abolição e vivendo sob o feitiço do tempo corrido, temos pouco tempo de fazer uma reflexão aprofundada sobre o histórico das lutas de resistência, porque a vontade da maioria dos brasileiros é sumariar dificuldades e problemas sempre depois e acabar tudo em pizza, dificultando assim um olhar + atento sobre questões e assuntos de gente preta.

Tô ligado! Sequestraram riquezas materiais e humanas do continente africano. Um bando de gente preta veio pra cá. Sô continuação deles e sei que as palavras criam vidas através das boas intenções.

Numa escala de médio a longo prazo aposto na mudança do comportamento humano. A gente adquirir riqueza de ter um olhar + tolerante em relação ao outro. Acredito também na eficácia da Lei 10.639/03 que obriga a inclusão na rede de ensino a temática História e Cultura Afro Brasileira. Com professores altamente capacitados para apresentar um conteúdo significativo de gente preta – superando o estigma de objeto/subalterno.

Acredito que a História está sendo reescrita diariamente por todos nós através dos Quilombos, Imprensa Negra, Frente Negra Brasileira, Movimento Negro Unificado e Movimento Hip Hop que, segundo a pesquisadora Elaine Nunes de Andrade representam os 5 pilares de resistência cultural em toda nossa trajetória de Terra Brasilis.

Com todos  esses feitos e os que ainda estão por vir presentemos o mundo com a beleza de nossa arte, lingua, gestos, ritmos, comportamento, festas, religiosidade com intuito de reconstruir e elevar a condição de gente preta para status de S U J E I T O / S U P E R I O R.

 

Atenciosamente

Preto Cria – rapper há 19 anos, estudante, escritor, palestrante e um dos colaboradores do Portal rapnacional.com.br

e-mail: luciano_cria@hotmail.com

Facebook: Preto Cria

Twitter: @PretoCria

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (13)

  1. muito bacana o texto pois nos ajuda a entender nossa propria historia

  2. Preto Cria disse:

    Essa é minha singela homenagem aos pretos que derramaram sangue, suor e lágrimas em prol da nossa causa.

  3. Fábio Fbo disse:

    é isso ai, brasil uma ruína de pé

  4. Vivemos ainda sob as causas dessa falsa Abolição!

  5. Mil grau irmao , é quente

  6. Elis Tavares disse:

    Ótimo texto, Preto Cria!!! Parabéns!!! A realidade é que falar de escravidão incomoda a elite brasileira. Eles não querem nem tocar no assunto. Será por quê, hein? É preciso sim, discutir e defender idéias que irão nos fazer questionar nossa sociedade! Eu também acredito na mudança do comportamento humano! E a primeira mudança ocorre na mente de cada um. Segue um link de um documentário super interessante "Brasil: Uma história inconveniente" Vale a pena ver!!! http://www.youtube.com/watch?v=TSPPcudT6dE

  7. É isso ai irmão Preto Cria.. continue criando.. inventando e reinventando.. e a cima de tudo buscando reaver nossa história uma vez roubada.. não esquecendo quem se interessa por nossa discórdia e exploração.. uma dada parcela da sociedade nos quer no chão.. então se não for pra nos dar, que tomaremos.. saudações africanas

  8. sabias palavras Preto Cria sempre e bem vinda mano e nois

  9. Dacor Rapper disse:

    Parabéns Cria pelo relato precisamos despertar a nossa juventude o nosso povo para resgate da nossa alta estima, da nossa imagem e dos nossos valores sociais
    , e com isso transpor essas berreiras que nôs impuseram pra nôs manter em uma condição inferior, a sociedade sabe que tem uma dívida com a gente por causa da exploração do período escravocrata vamos cobrar e receber a indenização no lugar daqueles que aqui ja não estão mais, mais a nossa arma tem que ser a sabedoria e a inteligência e vamos mostrar isso em nosso comportamento no dia-a-dia e em nossas letras a caminhada ainda é longa mais o importante é a gente se mobilizar, você foi muito feliz em tudo que disse.

  10. LINDO D+ O TEXTO,Á CADA PUBLICAÇÃO SUA EU PASSO TE ADMIRAR MAIS…PARABÉNS!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print