Sign in / Join

@MCMarechal em Piracicaba: Poesia, Rap e muito Amor

Texto: Bruno Ments

Com uma interpretação esplendida, Marechal traduziu a palavra sentimento do início ao final de seu espetáculo musical rimado.

No último sábado (11), aconteceu no Benjamim Rock Bar em Piracicaba, interior paulista, uma festa que com certeza ficará na memória de todos os presentes.

Pegada de Gigante, nenhum nome seria melhor para esse evento que em cada detalhe fez jus ao título, e nem mesmo a forte chuva que caia incessantemente conseguiu impedir ou ofuscar o brilho da festa, refletida nos olhares de cada pessoa que naquela noite teve o enorme privilégio de assistir, testemunhar, presenciar algo que foi muito além de um show de Rap.

Diferente de eventos onde os Djs são meramente coadjuvantes, Djs Gusta, Nato PK, Duh e Chakal começaram a noite fazendo um show a parte, revezando-se, tocando clássicos, nacionais e internacionais, e o que menos se via ou quase não se via eram pessoas de braços cruzados ou encostados pelos cantos, ao som de muito Rap o público dançava e se divertia.

Quando os MCs e organizadores da festa Peqnoh e Garnet anunciaram o início da Batalha Central Especial, Mc´s de Piracicaba e região mandaram o melhor do improviso, batidas pesadas e rimas afiadas arrancavam barulho antes mesmo dos apresentadores dizerem: “Quem gostou faz barulho” e assim foi até a grande final entre Gordão (Piracicaba) e Diogo Comum (Rio Claro), quem levou a melhor na disputa foi o MC Diogo, uma grande disputa, fazendo lembrar grandes clássicos do Futebol onde o equilíbrio era tanto, que a vitória foi conquistada nos detalhes, e eis mais uma prova de que talento pra batalhar é algo que vai além de rimar com letras prontas.

Após a batalha o grupo De Buenas subiu ao palco e fez um belo show preparando terreno para aquele que era a atração principal da noite, Mc Marechal, que chegou e na humildade se uniu ao público e entre uma foto e outra com os fãs que aos poucos notavam sua presença, Marechal ouvia atentamente as músicas do De Buenas.

Muito se fala hoje em profissionalismo, onde artista é artista e tem que se portar como tal, tipo: “artista aqui e o público lá”, mas a postura de Marechal nada reflete a esses padrões, antes mesmo de ser anunciado, ele já estava em cima do palco, cumprimentando todos os profissionais que ali estavam, após as devidas apresentações, Mc Marechal iniciou um show além Rap, uma apresentação de sentimentos, show de poesias e de rimas, compostas no improviso, um momento único, onde a conexão estabelecida entre público e MC foi tão forte que era possível sentir no ar as lágrimas os risos e sensações inexplicáveis.

Era impossível desviar a atenção do palco por um minuto que fosse, cada letra como “É a Guerra Neguim” e “Sangue Bom” vinham com uma interpretação fora do normal, que proporcionava um mergulho na mensagem contida em cada verso, e como se não bastasse, Marechal ainda trouxe um convidado mais que especial, Paulo M Sário que cantou alguns dos grandes sucessos do Grupo Pentagono.

Os presentes irão concordar que não é exagero nenhum afirmar que esse foi um dos melhores shows que Piracicaba já viu.  Aos que não puderam comparecer, recomendo que procure o show do MC Marechal mais próximo de sua casa, o espetáculo musical te proporcionará sensações e impressões únicas.

Parabéns ao Peqnoh, Garnet e Short, pela dedicação, comprometimento e organização desse, que não seria justo classificar como só um “evento” mais um grande momento para o Hip Hop.

Confira fotos do Espetáculo

Fotos: Vimo’s Produções

Serviço: Mais fotos no Facebook do Peqnoh

12 comments

  1. Mano Preto 15 fevereiro, 2012 at 07:33 Responder

    Ja tive a oportunidade de assistir um show do Marechal, e sem duvidas é o que ha de melhor no rap nacional, o cara é humildade chegou trocou ideia comigo e com os manos q estavam comigo, simplicidade mano. Parabens marechal, parabens aos organizadores do evento.

    Não ta faltando rap, ta faltando rap de verdade.

Leave a reply