Twitter Facebook Youtube
Home » Especial » Na final latino-americana de Mundial de B-boys, o Brasil foi melhor que o México

Na final latino-americana de Mundial de B-boys, o Brasil foi melhor que o México

B-boy Klesio, de Brasília, vence eliminatória do Red Bull BC One para a América Latina e garante vaga na final do Mundial; marcada para 8 de dezembro, no Rio de Janeiro

Diferente do futebol olímpico, o Brasil levou a melhor ao enfrentar o México na final da eliminatória latino-americana do Red Bull BC One, o Mundial de B-boys, realizada na noite deste sábado, dia 25/08, na cidade mexicana de Monterrey. O local das disputas, Museo del Acero, funcionou como um forno que produzia aço e ferro para a região e para o exterior por quase nove décadas, sendo hoje um dos pontos turísticos da cidade.

Klesio com o trofeu de campeão, inspirado no Pão de Açúcar

Mesmo com a torcida toda a favor de seu adversário, o B-boy mexicano Gato, Klesio – representante da crew New Old School de Brasília/ DF – mostrou tranquilidade e criatividade na hora da batalha final. “Acho que este era o meu dia”, resumiu o campeão após a disputa; ainda incrédulo com o prêmio de primeiro lugar nas mãos. Durante a sua trajetória na final latino-americana, Klesio enfrentou o B-boy Xandin (Over Kingz crew), também de Brasília, reeditando a final da eliminatória nacional realizada no Distrito Federal em maio; quando Xandin venceu a disputa classificando-se para a eliminatória (qualifier) para a América Latina realizada neste sábado.

Vale lembrar que, para esta qualifier, o Brasil classificou três B-boys: além de Xandin, as outra duas vagas foram de Luan (vencedor da segunda eliminatória nacional realizada dia 26 de maio de 2012 em São Paulo) e de Klesio; que disputou a final com Xandin em Brasília, perdeu a disputa na ocasião, mas foi indicado por unanimidade pelos jurados das eliminatórias nacionais para a terceira e última vaga do país rumo  México.

Amigos fora da arena, Klesio comentou como foi encontrar-se novamente com Xandin no cruzamento das chaves para as batalhas: “Não pensei na eliminatória de Brasília porque quem está no seu melhor dia acaba vencendo. Eu não mereço mais do que ninguém este prêmio. Mas estava tranquilo e trabalhei muito a minha mente para enfrentar os ‘rachas´ de hoje”, comentou. Xandin e Luan também tiveram um bom desempenho, chegando ambos às semi-finais.

Público encheu o Museo del Acero. Local da final foi num antigo forno que processava minério

Outro brasileiro na competição, o B-boy Luan conquistou o público presente. Ao ser derrotado por Gato semi-final, deixou a arena ovacionado pelo público que gritava o seu nome. “Acho que é porque faço umas coisas diferentes, que ninguém faz, além de ter a cancha de B-boy”, disse sobre a empatia que causou na plateia presente no Museo del Acero.

Neste sábado, os B-boys foram avaliados por um trio de jurados formado pelos B-boys Lil G (Venezuela) – Red Bull BC One All Star -, Nasty Ray (EUA) e Moy (EUA). “Klesio venceu porque foi o mais completo, estava relaxado, curtiu o momento, mostrou muita atitude e grande resistência física quando todos já estavam muito cansados”, comentou o venezuelano Lil G.

Para final mundial no Rio de Janeiro, Klesio promete dar continuidade aos treinos e seguir à risca os conselhos de seu treinador, Will, sempre citado em suas entrevistas. “Ele sempre me diz para não pensar em ganhar. Seu mantra pra mim é: – Klesio, dança!”

O brasileiro Klesio, campeão da etapa, durante a disputa

Mais em redbull.com.br

A transmissão ao vivo com a íntegra das batalhas estará disponível por mais sete dias no link:

http://www.redbullbcone.com/battles/red-bull-bc-one-latin-american-qualifier-2012

Próximas etapas até o Rio de Janeiro

São seis qualifiers internacionais que definirão parte dos 16 melhores B-boys do mundo para a final mundial deste ano no Rio de Janeiro. As próximas qualifiers serão para as regiões da Ásia e Pacífico (Auckland, Nova Zelândia, dia 01/09), África e Oriente Médio (Casablanca, Marrocos, dia 14/09) e Oeste Europeu (Roterdã, Holanda, dia 22/09). Antes da etapa em Monterrey, já foram realizadas as qualifiers para a América do Norte em Chicago (vencedor: B-boy DOMkey – EUA) e para o Leste Europeu em São Petersburgo (vencedor: B-boy Slav – Bulgária).

As Batalhas da eliminatória latino-americana em Monterrey: (*) vencedor

Oitavas

Johny Breaker (Argentina) x Klesio (Brasil)*

Wolverine (El Salvador) x Salo (Venezuela)*

Lil Mouse (Bolívia) x Xandin (Brasil)*

Shucki (Chile) x Lil Drez (Colômbia)*

Jandro (Guatemala) x Archi (México)*

Roflow (Peru) x Luan (Brasil)*

Zkills (Colômbia) x Gato (México)*

Dux-M (Rep. Dominicana) x Enano (Venezuela)*

—————————————–

Quartas

Klesio (Brasil)* x Salo (Venezuela)

Xandin (Brasil)* x Lil Drez (Colômbia)

Archi (México) x Luan (Brasil)*

Gato (México)* x Enano (Venezuela)

————————————————

Semi-Final

Klesio (Brasil)* x Xandin (Brasil)

Luan (Brasil) x Gato (México)*

—————————————————

Final

Klesio (Brasil) x Gato (México)

CAMPEÃO: KLESIO (BRASIL)

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

 
Email
Print