Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » O site de RAP mais acessado da América Latina!

O site de RAP mais acessado da América Latina!

Com mais de 3 milhões de páginas visualizadas e 933 mil visitas únicas, Portal Rap Nacional bate record de acessos no segundo mês de 2016. Os dados são do Google Analytics, a ferramenta de maior credibilidade para monitoramento de estatísticas na internet.

O nosso site está no ar desde o ano 2000 e até hoje não havia aberto o número de visitas ao público por questões éticas e respeitosas perante os outros sites de companheiros que trabalham em prol do Movimento Hip-Hop, pois entendemos que cada veículo é um braço de extrema importância para a cultura periférica.

Esta reportagem está sendo publicada com o único intuito de defesa à matéria de um site que inclusive se aproveita de parte do nome do nosso veículo, o rapnacionaldownload.com.br.

O site atua de forma ilegal e tem como alicerce a pirataria e um vasto acervo ( confira aqui ) de músicas e discos completos para download sem devida autorização dos rappers, como por exemplo lá é possível baixar a discografia completa do Racionais Mc’s, como mostra a imagem abaixo:

Captura de Tela 2016-03-07 às 16.10.01

Também encontramos por lá discografias de grupos aliados do Portal Rap Nacional, que conversamos e tivemos a certeza de que os discos não foram autorizados, entre eles Detentos do RAP, Dexter, Facção Central, RZO, e estes são apenas alguns exemplos, pois o site disponibiliza discos ilegais e não autorizado de dezenas de centenas de grupos e rappers solos.

Tendo em vista que a pirataria prejudica nossos artistas e rappers brasileiros, não é novidade que de alguma maneira eles também tentariam prejudicar quem trabalha com a comunicação do RAP no Brasil há 16 anos. Os “moleques” publicaram na última quinta-feira (3) uma matéria com o título “Os 10 mais acessados sites brasileiros de RAP“, no qual apontam o site deles em primeiro lugar e outro site focado em pirataria em terceira posição, colocando o Portal Rap Nacional em 4° e outros veículos de extrema importância no final da lista. Uma matéria com falsas informações, onde assim como nós, pelo menos outros quatro sites da lista manifestaram-se nas redes sociais não concordando com a publicação. Não podemos permitir que um site como esse faça uma publicação com bases infundadas onde favorece sites de pirataria e rebaixa veículos importantes e que trabalham de maneira séria no movimento hip hop brasileiro por anos, entre eles Bocada Forte, Zona Suburbana, Vai Ser Rimando, Noticiário Periférico, Real Hip Hop, Per Raps, Canal Rap RJRap 24h, entre outros.

Nós tentamos um contato amigável com o autor da matéria “Marlindo Teixeira”, comunicando-o que os números não coincidem com a realidade e que a mesma agia de má fé e estava nos prejudicando perante os anunciantes que se sentiram lesado ao verem uma estatística diferente do que apresentamos, solicitamos que a mesma fosse corrigida, mas o mesmo foi direto e seco, avisando que não iria alterar e que se tivéssemos que cobrar algo que fosse da ferramenta que eles usaram e não deles. Também tentamos contato via telefone com Anderson Morais, fundador do site, que não atendeu as ligações, visualizou a mensagem no WhatsApp e ignorou, comprovando que eles não tem nenhum respeito com os pioneiros e fizeram esta matéria com o único intuito de prejudicar não só nós do Portal Rap Nacional, mas também diminuindo a importância de outros sites do mesmo ramo. Ao contrário, eles conseguiram o que queria que foi criar polêmico, como gostam de fazer para aumentar o número de acesso no site deles.

O Portal Rap Nacional não é apenas um site, é um grupo de veículos somado por site, rádio online, programa de TV, revista impressa, e-commerce e marca de roupas, que soma mais de 250mil seguidores nas redes sociais com sede própria em Santa Catarina, mas com colaboradores de todo o Brasil. Temos contato direto com todos os artistas que divulgam o trabalho em nossos veículos, sempre com a devida autorização e respeito.

Já que eles desconhecem os princípios do Hip Hop, que é humildade e respeito, nós viemos através desta alertar que nossos advogados já estão trabalhando para tomar as medidas cabíveis e que a matéria sirva de alerta para os artistas, grupos e rappers independente, que trabalham duro para gravar um disco e vir alguém de fora lucrar em cima com publicidade disponibilizando pirataria de músicas não autorizadas.

Temos que impor respeito e não deixar que tomem o que é nosso!

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print