Sign in / Join

Prefeito de Aracaju se reúne com lideranças do Hip-Hop

Esta sexta-feira, 11, foi um dia ímpar para os ativistas do Hip hop brasileiro. Ficaram constados, em Aracaju, o reconhecimento e a valorização dados ao movimento pelo o poder público municipal. Em reunião com o prefeito da capital sergipana, diversos ativistas do Hip hop, reconhecidos local e nacionalmente, tiveram a oportunidade de discutir com Edvaldo Nogueira as possibilidades e caminhos abertos pela disseminação da cultura da periferia.

A ideia da reunião era discutir estratégias a serem implementadas na cidade, especialmente nas escolas. Estimulando uma aproximação da cultura com a educação, foram debatidos os mecanismos de sociabilização e a melhora do ensino escolar através de conhecimentos populares, sobretudo, mas não somente, através do Hip hop. “As diversidades hoje têm o potencial de somar muito à cultura e à didática escolar”, justifica Nelson Triunfo, um dos participantes do encontro, considerado um dos precursores do Hip hop no Brasil.

Aracaju é a primeira cidade brasileira a sancionar uma lei que cria a Semana do Hip hop. Realizada pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), por meio da Coordenadoria Municipal da Juventude, em parceria com a Nação Hip hop Brasil. Segundo o rapper e escritor Genival Oliveira Gonçalves, mais conhecidos como GOG, a adoção de uma política perene para tratar do Hip hop é um grande diferencial que coloca a capital sergipana à frente das demais iniciativas aplicadas em todo o país.

“Por se tratar de uma lei sancionada, já está certo de que em uma próxima legislatura a Semana do Hip hop fará parte do calendário de atividades da cidade”, elogia GOG. Já para Nelson Triunfo, a realização do evento, que teve início no último dia 7 e segue até este sábado, 12, também foi um significante pontapé inicial no sentido de estimular as discussões e disseminar essa cultura na cidade, podendo incitar ainda mais mudanças.

“A disseminação do Hip hop também pode ser um instrumento de abertura da escola, no sentido de despertar no aluno a vontade do saber e do aprender através de culturas que ele conhece”, ressalta ainda o ativista social, que também é fundador da Casa do Hip Hop em Diadema, São Paulo.

 

Reunião

O encontro com o prefeito contou com a participação de vários músicos e militantes dessa expressão artística em de Sergipe e também de outros estados. Dexter, Mandrake, Toni C são alguns dos nomes envolvidos no momento de discussão. Os DJs Rodrigo e Branco e MC Todinho também participaram.

“Além de parabenizarmos o prefeito por ter sancionado a Semana, nós também pontuamos possíveis parcerias nos quesitos educação e cultura, onde o Hip hop pode ser uma ferramenta contributiva”, afirma Hot Black, o presidente estadual da Nação Hip Hop Brasil.

“Em suas falas, os participantes reforçaram o quanto é importante ter o Hip hop ligado à educação e a outros projetos de compartilhamento da cultura. O prefeito foi sensível à nossa causa e recebeu o Hip hop de forma calorosa, se comprometendo com a futura discussão desses processos e com o apoio para as construções futuras da história do Hip Hop em Sergipe e no Brasil”, revela Hot Black.

“O diálogo foi muito bom e nós percebemos uma proximidade e uma sensibilidade do prefeito com o movimento, e por isso nós acreditamos que Aracaju tende muito a ser um porto seguro do Hip hop brasileiro”, afirma o rapper GOG.

“Nós precisamos muito disso, a juventude, principalmente a negra e a periférica, tem no Hip hop uma grande sistema de suporte, e com o apoio do poder público nós podemos trabalhar em alguns gatilhos, como a melhoria da saúde e a redução do mapa da violência. É justamente com a adequação e proximidade entre educação e cultura que poderemos colher bons frutos”, conclui GOG.

Fonte e mais fotos: http://www.aracaju.se.gov.br/index.php?act=leitura&codigo=50716

20 comments

  1. Fabio Coalizão 16 maio, 2012 at 00:53 Responder

    isso ai, e o nosso movimento a cada dia ganhando mais força, se Deus quiser logo todas as cidades terão uma semana como essa que Aracaju tera, fmz

  2. Raul Alexandre 16 maio, 2012 at 17:40 Responder

    Muito bo poder saber que o hiphop está chegando nos ouvidos e mentes do poder publico de Aracaju, esperamos que não seja algo momentâneo e que isto sirva de exemplo para outras capitais Brasileiras . Salve

  3. Chapéu Uilian 19 maio, 2012 at 21:28 Responder

    E depois tem gente que diz que o hip hop já era, dou risada em quem ta de chapéu atolado nessas idéias. Acredito que o Hip Hop está evoluindo muito e para isso temos varias barreiras pela frente como é o caso de São Paulo que precisa mudar sua gestão politica urgente, rap aqui é uma ameaça a gestão atual, por isso tem boicote por todos os lados.

Leave a reply