Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » Projeto de grafite em ruas da Cidade Velha será lançado neste sábado

Projeto de grafite em ruas da Cidade Velha será lançado neste sábado

O projeto R.U.A. (Rota Urbana pela Arte), que transforma em arte relatos de moradores do bairro da Cidade Velha, em Belém, será lançado neste sábado (31), às 18 h, no Fórum Landi, na Praça do Carmo. A intervenção urbana, organizada por Drika Chagas, John Fletcher, Sue Costa e Emanoel de Oliveira Júnior, e apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), da comunidade e do projeto Biizu, da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), produziu murais em grafite, durante o mês de agosto, valorizando o cenário histórico da Cidade Velha, o primeiro bairro da capital paraense.

Resultado de entrevistas com vários moradores, o projeto, segundo os organizadores, é uma forma plástica de experimentar a cidade como um local de encontros e traduções. Além de modificar o cenário de alguns pontos do bairro, com pinturas em grafite retratando personagens da cultura, da religiosidade e da histórica da Cidade Velha, o projeto resgata histórias passadas de geração a geração pelos moradores.

20422_sw7a3571-equipenografite-alinhaimaginariasuedrikaigorwellingtoneed.

A maioria dos participantes do projeto é oriunda das oficinas do projeto Biizu. Os grafites homenageiam o padre Gabriel Malagrida, um dos fundadores da escola jesuíta em Belém, e o padre Antônio Vieira, que ficou preso na Igreja de São João. Também há referência à história da moça do táxi (sobre uma jovem morta que pega um táxi em frente a uma casa e pede para ir ao cemitério) e de Bettina Ferro, uma médica atuante no bairro, que ajudou muitos moradores.

“A participação está sendo excelente. A gente selecionou alunos que já participaram do Biizu, alguns de municípios do interior, e até moradores do bairro, que estão adorando o projeto”, informou a artista plástica Drika Chagas, uma das idealizadoras do projeto. Elatambém destacou a importância histórica dessa iniciativa. “A gente começou a perceber que o bairro estava um pouco esquecido, até mesmo entre os moradores, e aqui tem histórias incríveis pra gente retratar”, explicou.

O antropólogo John Fletcher informou que foi feita uma minuciosa pesquisa no bairro, antes do início das ações. “O projeto nasceu de uma conversa entre amigos. Nós começamos a negociar com os moradores, e logo no início os moradores estavam meio reticentes. Depois que começou a aparecer o resultado, eles começaram a fazer uma competição, para ver quem tinha o grafite mais bonito. Todo esse trabalho foi feito minuciosamente em parceria com o Iphan, já que a Cidade Velha é um bairro tombado”, acrescentou.

O projeto R.U.A. também envolveu a participação de escritores paraenses, como Rodrigo Barata, Caco Ishak, Élida Lima e Ronaldo Franco, na criação de fatos poéticos, haicais, nanocontos e tweets memoriais sobre a Cidade Velha. Os pequenos textos foram distribuídos em cartazes, na rota dos grafites.

Durante o lançamento do projeto R.U.A. será apresentado um documentário sobre o desenvolvimento do projeto, incluindo a pintura dos muros. Haverá ainda apresentação de bandas, de DJs e projeção das imagens dos grafites, por meio de vídeo mapping.

Mais informaçções sobre o R.U.A. estão disponíveis no site www.projetorua.com.br. O projeto é uma realização de Drika Chagas e da Secom, com apoio de Estrela do Norte Distribuidora, Fórum Landi e Universidade Federal do Pará (UFPA).

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print