Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » Rap na Basílica Nacional de Aparecida

Rap na Basílica Nacional de Aparecida

.
O Rap Nacional chega a um local nunca antes alcançado, e que parecia inatingível: a Basílica Nacional de Aparecida. O feito foi dos grupos Principado (Guarulhos – SP) e Soldiers of God (São Paulo – SP), que são no Brasil, dos poucos grupos que levam a doutrina e os dogmas da Igreja Católica em suas rimas. Nesse estilo novo, intitulado “Rap Católico”, foi uma maneira da Cultura de Rua quebrar paradigmas, e adentrar no mundo fechado e conservador da Igreja Católica, e que os evangélicos, o fazem muito bem, e tem boa aceitação dentro de suas igrejas já a um bom tempo, com o já conceituado Rap Gospel. “Na cena Católica, o preconceito com o Rap existe, mas aos poucos, essas barreiras estão sendo ultrapassadas, com a arte e com a fé, pois o gueto nos entende, e entendemos eles”, raciocina MC Tavinho, líder do Soldiers of God. Acrescentando, Orlando Jay do Principado diz: “Nosso trabalho de evangelização com o Rap é oculto, dentro de penitenciárias e Fundação CASA, mas é lá que as pessoas precisam mais da Palavra de Deus”, completa.
.
O Evento será dia 09/11, e as apresentações fazem parte da 17º Romaria das Comunidades Negras, evento da Pastoral Afro Brasileira, que luta para manter viva a tradição africana do Cristianismo no Brasil. Atualmente, o grupo Soldiers of God está em estúdio, finalizando suas 4 primeiras faixas, e prepara o 1º Vídeo Clipe Oficial, já o Principado, está divulgando seu EP, intitulado Anjo de Deus, e até dezembro, sairá a 1º parceria de Rap Católico no Brasil com os dois grupos, com a música “A Igreja é Noiz”. Para entrar em contato e conhecer um pouco mais dos grupos:
.
ns1
Principado:
.
soldiers
Soldiers of God:
.
.
Baixe o álbum Anjo de Deus, do grupo Principado:
.
Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print