Sign in / Join

Rapper Shakur Since 97 lança EP “Gritos de Revolta”

O Rapper Shakur Since 97 lançou na madrugada de 24 de julho o seu primeiro EP intitulado Gritos de Revolta. De acordo com sua equipe, ele iria lançar um outro EP que já estava sendo preparado, mas diante da conjuntura (nacional e internacional), ele decidiu por usar sua voz para ecoar sua indignação.

O rapper é natural de Paracambi-RJ, na cidade onde escreveu sua primeira poesia na quarta série a pedido da professora, que depois desacreditou que ele poderia ter escrito uma poesia tão impactante sendo ainda criança, isso diz muito sobre seu dom.

Passando-se os anos, se tornou MC de batalha de rap, ganhando várias regionais, e algumas até mesmo fora da sua região. Fundou, junto com dois amigos, o grupo chamado Bairro 13, apelido do bairro onde foi criado, que lhe proporcionou participar de eventos e shows, dentro e fora da sua cidade, já se apresentando para públicos incontáveis. Retomou a sua carreira solo em 2019 quando lançou o single no YouTube; “Flow Shikamaru” com audiovisual, e logo após, fez um POCKET show no espaço Casulo, na cidade em que reside. 

Shakur Since 97 atualmente mora em Dourados-MS desde 2016 quando foi aprovado no SISU – sistema de seleção unificada – para fazer o curso de licenciatura em Educação Física na UFGD, Universidade Federal da Grande Dourados, ele afirma que a situação de vida de jovens negros no Brasil nunca foi fácil e está cada vez pior, principalmente vindo de uma periferia como ele veio, e enxerga a oportunidade de sair do estado para estudar como uma melhoria de vida.

Ele reforça ‘’O caminho do crescimento, da evolução humana como cidadão de alguma forma, sempre passará pelos estudos, seja numa oportunidade de ter acesso a leitura, a alfabetização, ou um projeto, o “Livrar” do MC Marechal, por exemplo. E até numa oportunidade de ter acesso a universidades. Que os nossos jovens tenham oportunidades de estudar, de evoluir e adquirir um conhecimento, lutemos por isso.’’

O seu EP contém três faixas, duas que questionam a forma do Estado lidar com a população comunitária, a ostensividade policial com erros e estruturas racistas, perdas incalculáveis de jovens e crianças, e a outra questiona porque o preto não pode ter oportunidades e porque é tão difícil ver pretos em ascensão.

Todas podem ser ouvidas no Youtube em seu canal oficial, e em todas as principais plataformas de streaming musical “As pessoas precisam ouvir o que eu tenho para dizer através da minha arte, minha melhor e maior forma de expressão. Muitas pessoas irão se identificar com as minhas músicas e se sentir representadas através da vivência ali passada.’’ disse o rapper.

Comments are closed.