Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » Revista RAP NACIONAL é lançada com sessão de autógrafos de Dexter e Mv Bill na Virada Cultural 2014

Revista RAP NACIONAL é lançada com sessão de autógrafos de Dexter e Mv Bill na Virada Cultural 2014

A edição N°9 da Revista RAP NACIONAL será lançada oficialmente no dia 18 de maio em um dos maiores eventos de rua do Brasil, a Virada Cultural em São Paulo.

Um dos maiores eventos de rua do Brasil chega a sua 10ª edição. Neste ano, a Virada Cultural, acontece entre os dias 17 e 18 de maio e consolida sua vocação de evento público de caráter inclusivo e multidisciplinar. A cada nova edição, a Virada trouxe novidades, incluiu em seu perímetro novos territórios da cidade, adquirindo o formato que tem hoje, da região da Luz à 25 de março, passando pela Avenida São João, Praça Roosevelt, Pátio do Colégio, descendo até o Mercado Municipal de São Paulo, que neste ano será palco para o forró.

“A Virada tem apenas 10 anos e já é patrimônio cultural da Cidade. São mais de 1000 atrações que atendem a todos os gostos, tribos e linguagens. É a maior oportunidade de convivência dos paulistanos. A Virada significa uma São Paulo aberta, afetiva, solidária e carinhosa. A Virada é a cidade em festa!“, ressalta o secretário municipal de Cultura, Juca Ferreira.

Lançamento da Revista RAP NACIONAL com sessão de autógrafos

O lançamento oficial da nona edição da nossa publicação impressa será marcado em grande estilo na Virada Cultural. Nossa equipe estará ao lado do palco vendendo por um preço especial a Revista RAP NACIONAL N°9, que trás na capa Dexter e MV Bill, que estarão se apresentam no Palco República a partir das 8h da manhã. Logo após o show, as 10h será organizado uma sessão de autógrafos com os dois rappers no mesmo local do show e você que comprar a revista, poderá levar seu exemplar já autografado e ainda tirar uma foto junto com esses dois ícones do nosso movimento.

Compareça e não se atrase:

8h – Show – Dexter & Mv Bill – Palco República
8h as 10h – Venda da Revista RAP NACIONAL ao lado do palco
10h – Sessão de autógrafos da Revista RAP NACIONAL com Dexter & Mv Bill

O RAP NA VIRADA 2014

Assim como no ano passado, este ano o Hip Hop esta em preso na Virada Cultural. Com uma vasta programação, são mais de 50 atrações ligadas ao nosso movimento. O Vai Ser Rimando fez um pente fino na programação, que você confere abaixo:

Atenção, confira os horários das atrações na página oficial; sujeitos a alterações!

Sábado (17/05)

  • 18h – Xis – Palco Cásper Líbero
  • 18h – Kamau – CEU-Jardim Paulistano (Freguesia/Brasilândia)
  • 18h – Apresentação com participação do Thaide – Largo Santa Efigênia
  • 18h – Dj Hum e o Expresso do Groove + convidados – CEU-Vila do Sol (Ipiranga)
  • 18h – Grafite Live Paint – Coração de Jesus – Braços Abertos
  • 18h – Nelson Triunfo-A Rua é Show – R. Formosa
  • 18h – PIMP my Carroça – R.Mauá x R.dos Protestantes
  • 19h – Breakbboyz – Largo Santa Efigênia
  • 19h – Slim Rimografia – CEU Lajeado (Penha)
  • 19h30 – SP Funk – Palco Cásper Líbero
  • 20h – A Batalha do Break, Passinho e Treme-treme – SESC Pompeia
  • 20h – Entrevista com Zezão no Grafite – Coração de Jesus – Braços Abertos
  • 21h – Emicida + Rael + Rashid – SESC Pompeia
  • 21h – SNJ – Palco Cásper Líbero
  • 22h- Flora Matos – Palco Carlos de Souza Nazaré
  • 22h – Consciência Humana – Centro Cultural Tiradentes
  • 22h30 – Ao Cubo – Palco Cásper Líbero
  • 23h – Tropkillaz (DJ Zegon e André Laudz) – Palco 25 de Março
  • 23h – Nelson Triunfo – Com Nelson Triunfo & Funckia – SESC Belenzinho
  • 23h45 – Mixtape – Projetonave – SESC Santana

Domingo (18/05)

  • 0h – Actitud Maria Marta – Palco Cásper Líbero
  • 0h30 – Rincon Sapiência – Palco Carlos de Souza Nazaré
  • 1h30 – Sampa Crew – Palco Cásper Líbero
  • 3h – Ndee Naldinho – Palco Cásper Líbero
  • 4h – Pollo – Palco 25 de Março
  • 5h – Ellen Oléria Part. Mulheres Negras – Palco Cásper Líbero
  • 5h30 – Rashid com participação de Tássia Reis – Palco Carlos de Souza Nazaré
  • 5h30 – Engrenagem Urbana – Coração de Jesus – Braços Abertos
  • 6h30 – Mc Marechal Part: Xará – Palco Cásper Líbero
  • 8h – Dexter e MV Bill – Palco República
  • 8h – Alafia – Palco Cásper Líbero
  • 9h – Ogi – Palco Cásper Líbero
  • 9h40 – Don L – Palco Cásper Líbero
  • 10h – Projetonave (Marechal, KL Jay, Síntese, SNJ, Ogi, Dexter) – Palco República
  • 10h – Crianças no Hip Hop – Casa das Rosas
  • 10h30 – Karol Conká – Palco Carlos de Souza Nazaré
  • 11h30 – Izzy Gordon Part. Larissa Luz – Palco Cásper Líbero
  • 12h – RZO – Palco Júlio Prestes
  • 13h – Sombra – CEU-Três Pontes (São Miguel Paulista)
  • 13h – Grafitagem e Break – CEU-Vila do Sol (Ipiranga)
  • 13h30 – Zulumbi – SESC Pinheiros
  • 13h30 – Cidinho e Doca – Palco Cásper Líbero
  • 14h – Cone Crew Diretoria – Palco 25 de Março
  • 14h – Hip Hop Cultura de Rua (Thaide, Código 13, MC Jack, O Credo) – Teatro Municipal
  • 15h – Hip Hop Cultura de Rua (Thaíde & DJ Hum, Código 13, O Credo, MC Jack) – Teatro Municipal
  • 15h30 – Projota – Palco Carlos de Souza Nazaré
  • 15h30 – Flow Part. Drik Barbosa – Palco Cásper Líbero
  • 17h – Rotação 33 KL Jay (part. Aori, Livia Cruz, De Leve, Max B.O, Parteum, Kamau e Boca do Lixo) – Palco Cásper Líbero
  • 17h – A Batalha do Break, Passinho e Treme-treme – SESC Pompeia

Não necessariamente ligados ao Hip Hop, mas sempre interessante pra quem é da cultura dar uma olhada nos saraus da Xavier Toledo e Ladeira da Memória; no Largo Santa Efigênia também terão vários DJs.

Sobre a Virada Cultural
Criada para refletir o espírito tipicamente paulistano de uma cidade que “nunca para”, a Virada Cultural é um evento promovido pela Prefeitura de São Paulo, com duração de 24 horas, que oferece atrações culturais para pessoas de todas as faixas etárias, classes sociais, gostos e tribos que ocupam, ao mesmo tempo, a mesma região da cidade.

Inspirada na “Nuit Blanche” francesa, que se baseia na inversão de expectativas, como, por exemplo, museus abrindo de madrugada, em São Paulo, o evento traz programação diversa distribuída por todo o centro. Aqui, a Virada Cultural busca, antes de tudo, promover a convivência em espaço público, convidando a população a se apropriar do Centro da cidade por meio da arte, da música, da dança, das manifestações populares.

Desde sua primeira edição, em 2005, a Virada Cultural atrai milhares de pessoas de todas as partes de São Paulo e do Brasil até a região central da cidade. Ao longo dos anos, a festa foi se difundindo cada vez mais por este perímetro, até recentemente incorporar a região da Luz, além da República e Anhangabaú.

A primeira edição ocorreu no mês de novembro, o que se mostrou uma escolha inadequada por conta da temporada de chuvas. Nos anos seguintes, o evento passou a ser realizado entre abril e maio.

Além da rede municipal de equipamentos – incluindo os Centros Educacionais Unificados (CEUs) –, a organização da Virada Cultural conta com parceiros estratégicos como o SESC e o Governo do Estado, que aderem com seus equipamentos culturais descentralizados. O Metrô de São Paulo fica aberto durante as 24 horas do evento, garantindo a circulação das pessoas.

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print