Twitter Facebook Youtube
Home » Destaques » RZO VOLTOU: Leia entrevista exclusiva com Negra Li, Helião, Sandrão e DJ Cia

RZO VOLTOU: Leia entrevista exclusiva com Negra Li, Helião, Sandrão e DJ Cia

Entrevista por: Mandrake e Elaine Mafra
Fotos: Rui Mendes

Ícone dos anos 90, a Rapaziada da Zona Oeste (RZO) esta de volta. Com mais experiência e a mesma sagacidade de sempre, Helião, Sandrão, Negra Li e DJ Cia estão preparando um novo disco do grupo. “Estamos trabalhando em músicas novas.  O principal agora é voltar com os shows e um álbum novo”, afirma DJ Cia.

E se o RZO já emplacou grandes hits no passado, a tendência é que agora os sucessos sejam ainda melhores, afinal o conhecimento adquirido ao longo dos anos faz toda diferença na hora de compor. “Musicalmente hoje somos mais experientes”, declara Helião. Mas não pense que o RZO mudou, Negra Li garante que o objetivo do grupo continua o mesmo. “Queremos espalhar a nossa mensagem através da arte, para o maior número de pessoas possível”, explica.

rzo-rapnacional.com.br

A volta do RZO foi como um sonho realizado para muitos fãs que mesmo com o passar do tempo não se conformavam com o fim do grupo e até mesmo os integrantes sentiam muito por isso. “O RZO precisava mesmo voltar, fazia muita falta pra mim”, desabafa Sandrão.

O show que marcou o retorno rolou na Virada Cultural 2014 e reuniu milhares de pessoas na Praça Júlio Prestes. Agora é a vez de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, conferir a apresentação do RZO. O show acontece no dia 12 de março, no bar Opinião. Clique aqui para mais informações.

Para saber mais sobre a volta do RZO, o Portal Rap Nacional bateu um papo com Helião, Sandrão, Negra Li e DJ Cia e traz para você com exclusividade uma entrevista com o grupo.

negrali-rapnacional.com.br

NEGRA LI

Portal RAP NACIONAL: O que motivou você a voltar com o grupo? Quais foram os principais incentivadores?

Além da nossa vontade, os principais incentivadores foram os fãs do grupo. Eles pediam a volta do RZO incansavelmente através das redes sociais e pessoalmente também; e com o crescimento das redes sociais despertou em mim também o desejo de ver um registro nosso em ação, já que na época do auge do grupo não tínhamos os recursos que temos hoje.

Portal RAP NACIONAL: E agora é pra valer?

Sim! O apoio do público tem sido essencial no incentivo desse retorno.

Portal RAP NACIONAL: Os trabalhos solos seguem paralelamente?

Claro! Todos os integrantes tem seu talento particular e é extremamente saudável que cada um possa explorar ao máximo a sua arte.

Portal RAP NACIONAL: Negra Li, hoje você é evangélica, o que isso agrega ao novo RZO?

Eu sou envangélica desde que nasci. Minha fé se faz presente naturalmente na minha música através da mensagem de amor, união, independente de raça, classe social e religião.

Portal RAP NACIONAL: É notória a mudança no seu estilo no início do RZO para hoje. Você acha que atualmente o rap é menos machista?

Vivemos em uma sociedade machista, porém é evidente  o grande avanço que tivemos daquela época pra cá. Hoje uma mulher ocupa o principal cargo de uma nação, por isso não seria diferente uma mudança também no cenário hip-hop.

Portal RAP NACIONAL: O que o RZO não fez há dez anos atrás que vocês pretendem fazer hoje?

O objetivo é o mesmo! Espalhar a nossa mensagem através da arte, para o maior número de pessoas possível!

heliao-rapnacional.com.br

HELIÃO

Portal RAP NACIONAL:  O que realmente aconteceu que causou a separação do RZO?

Eu e meu irmão Sandrão, mais novos, tivemos alguns desentendimentos a cerca de assuntos do grupo. Da minha parte também tive problemas familiares, entre eles o mais difícil, lidar com a perda de minha mãe. Ficava nervoso por qualquer coisa, fiquei assim por uns anos. Então decidimos dar um tempo, como se diz, e nesse tempo os projetos pessoais e o orgulho causaram a demora da volta, mas sempre soubemos que voltaríamos.

Portal RAP NACIONAL:  O que muda pro RZO de 10 anos atrás pro RZO de hoje?  

Musicalmente hoje somos mais experientes. Com relação ao relacionamento também, até mesmo porque damos mais valor as coisas quando perdemos, agora estou curtindo demais meus amigos, Sandrão, Negra Li e Dj Cia, principalmente porque vejo que é recíproco.

Portal RAP NACIONAL: Dina Di, Negro Útil e Sabotage. As mortes de integrantes da família RZO desestruturou projetos?  

Ah! A ausência desses jogadores desfalcam qualquer time, com certeza tínhamos planos pra eles. Agora vamos formatar o grupo, contando com Calado, que já vinha trabalhando com Sandrão solo, além do que, está dentro do contexto, é estilo RZO.

Portal RAP NACIONAL: Na época do Bang Jhonson Mano Brown conseguiu reunir o RZO no palco para alguns shows. Porque isso não deu continuidade?

Na verdade o coletivo também contava com Consciência Humana, Conexão do Morro, Quelynah, Rosana Bronx, Lino Krizz, NDee Naldinho e outros. Acredito que houve muitos motivos, na época o Racionais estava em estúdio reformulando show, mas ia voltar, também eram muitos artistas pra tocar em festas da periferia, um ônibus, passagens aéreas, estadias de hotel, cachês, etc…Isso acaba não ficando viável para muitos contratantes. Essa é minha opinião formada pelo que vi, posso estar errado, muitas vezes Brown e Blue abriam mão de seus cachês para acontecer o show.

Portal RAP NACIONAL:  Hélio, hoje você é evangélico o que isso agrega ao novo RZO? 

Não sou religioso, sou Cristão. As pessoas não aceitam compromisso com Deus porque a primeira coisa que vem na mente é: Vou ter que parar com os rolês, os baseados, as baladas, as minas, etc… Na verdade deve-se chegar a Deus do jeito que estiver, o importante é desejar o melhor pra si mesmo e ser sincero, a obra é Deus que faz e você só deve satisfação a Ele. Quem curte RZO vai continuar curtindo, minha denominação não discrimina, todos os Pastores que conheço gostam do Rap Nacional, além do que, não misturo minha fé com meu trabalho.

Portal RAP NACIONAL: Hélio, você que acompanha o Racionais nos shows. Qual a opinião deles sobre a volta do RZO?  

Os 4 chatos (risos), embaçaram na minha todos esses anos; Você tem que voltar com RZO, diziam. Sou grato a Eles, nesse tempo nunca faltou o danone dos meus filhos. Também a Lino Krizz, Boy Killah, Big da Godoy, Negredo, Marquinhos, Rosana Bronx e toda Família, por facilitarem meu trabalho no grupo.

Portal RAP NACIONAL: Como você avalia o resultado das últimas eleições? 

No final o saldo foi positivo. O governo do Lula foi um dos melhores que já vi, melhorou muito pra nós, os da Periferia/Favela. O governo da Dilma não foi ruim, mas não foi igual do Lula, e isso associado a casos de mensaleiros deu margem aos bico sujo comprometerem as eleições, o povo ficou dividido. Acho válido, é bom pra Dilma não se acomodar e bater uma bola com Lula para dar continuidade no trabalho e não passar mais por esse susto.

sandrao-rzo

SANDRÃO

 Portal RAP NACIONAL: Quando e como foi montado o RZO?

O RZO vem de muito tempo atrás, um sonho do Helião em mostrar sua musicalidade e ideologia, ele me convidou em 1987. Depois disso saímos  para tocar pela primeira vez em um concurso de rap pela histórica Equipe Chic Show, no qual fomos os ganhadores do primeiro lugar e foi assim que o RZO começou a ser conhecido .

Portal RAP NACIONAL:  Qual a formação original do grupo e da família RZO?

Somos eu, DJ Cia e Helião, e a família se estende, vai da querida Negra Li – uma das primeiras pessoas da família – até novos artistas que estão ingressando e preparando trabalhos novos, desde os antigos até a nova escola. Eu vejo que teremos muitas novidades para os curtidores de todos os tempos.

Portal RAP NACIONAL: Vocês enfrentaram problemas com as drogas? Como foi superar isso?

Sim tivemos e  temos  problemas até hoje com isso, as drogas afastaram muitas pessoas do mundo do rap e isso sempre causou muitas consequências no nosso mercado. Superar isso é sempre uma luta eterna, sempre com boas mensagens em nosso som e com muito respeito ao gueto.

Portal RAP NACIONAL: Hoje quem corre com o RZO? Vocês estão trabalhando com a Bagua Records?

Hoje tem muita gente correndo com o RZO, a gente sempre teve uma rede de amizades muito boa, de muitas coisas que estão acontecendo no RZO, posso, por exemplo, dizer que estamos no estúdio do pessoal do humilde mano nosso Seu Jorge, e com a força do Jairo da Bagua junto nisso, então são muitas pessoas e equipes pra realizarmos as coisas.

Portal RAP NACIONAL:  O rap hoje está mais forte do que 10 anos atrás? O que mudou?

Sim, a informação tem chegado com mais acesso e tudo isso tem ampliado o espaço, as composições. Com certeza melhorou muito e eu faço minha parte apoiando as novas gerações, não na conversa e sim em músicas e coisas da arte. Desde o passado até hoje, tudo mudou, os investimentos cresceram, foi o que plantamos, e o que nos tempos do princípio de tudo profetizamos.

Portal RAP NACIONAL: Sandrão, nos fale o que é o WU-Brasil?

WU- Brasil foi feito para apoiar as artes representando o Wu Tang Clan, foi gerado pela iniciativa de TRAZER MAIS CULTURA PARA AS FAVELAS, hoje com integrantes em toda a América Latina, apadrinhado por Raekwon, o chefe, é a única família oficial com o aval do Fera, e quaisquer outras notícias sobre isso, foram de mídia manipulada. Além de coisas da música e filmes, estamos focados sempre no social e o Wu Tang Clan assim é, com carinho esse link do vídeo (Wu Tang Clan Brazil is for children) com um pouco do nosso coração: https://www.youtube.com/watch?v=k_JhtxidRyM

Portal RAP NACIONAL: Porque o RZO voltou?

O RZO precisava mesmo voltar, fazia muita falta pra mim, porque como eu fiquei sem parar de fazer shows desde sua pausa, sempre fui o que mais sentia diretamente o impacto, com muita gente pedindo para voltar com os trabalhos em todos esses anos. Foi uma decisão em comum, eu particularmente não tenho coisas ruins de ego que me acompanham, e só agora decidi lançar um álbum porque muita gente vem me pedindo também, e como as outras composições paralelas tem a somar com a família, toda essa experiência interligada fez com que houvesse mesmo a necessidade dessa volta, por acreditarmos que será um bom trabalho.

 djcia-rapnacional.com.br

DJ CIA

Portal RAP NACIONAL:  Como é a avaliação de vocês do show na Virada cultural, que marcou o retorno do grupo?

Eu achei que foi uma parada louca, por ser num domingo ao meio-dia e nos dias anteriores ter rolado muitos shows de rap eu achei que fosse atrapalhar. Quando eu cheguei as 11h pra passagem de som e vi que não tinha ninguém na praça, fiquei apreensivo, antes de nós tinha rolado a apresentação do Pepeu Gomes e não tinha nenhum show de rap antes, então no nosso caso não tinha ninguém curtindo um rap ali antes do nosso show, só tinha a gente no domingo; deu 11:45h e não tinha ninguém na praça ainda eu pensei comigo: Putz ferrou ne!, quando deu o horário, acabamos de ligar as paradas e começou a chegar gente de todos os lados, foi uma parada bonita de ver, deu força pra gente, porque quem apareceu lá fortaleceu, encheu a praça, ficou cheio de gente, vimos que eram pessoas que queriam mesmo ver o RZO, foi uma parada positiva. Não contamos como uma volta oficial do RZO, mas como um encontro foi uma parada pra fortificar a ideia da volta, ainda vamos fazer um show oficial do RZO, uma parada bem legal que o público pode esperar.

Portal RAP NACIONAL: Além do RZO quais são seus próximos lançamentos? Fale um pouco sobre.

Além do RZO, vou lançar dois rappers, o RZILLA de Florianópolis que é um moleque novo lá do Sul, talentoso, tem uma métrica legal, e também de São Paulo o MC CORRERIA, um moleque novo também, mas que já ta ai correndo ha um tempo, já tinha lançado alguma coisa na internet e estamos também fazendo o disco dele, vai ficar bem legal, pancada, pesado. Esses são os lançamentos de artistas que eu to trabalhando, fora isso eu estou fechado com duas marcas, a STARTER e a DOUBLE-G. Pela STARTER está saindo meu boné – o BEATLOKO, que é o meu selo, e o pessoal já tem se identificado legal, já está nas lojas e logo mais teremos outros modelos. Também estou lançando uma linha de tênis pela DOUBLE-G que é uma marca que tem investido bastante no rap do Brasil hoje. Então, essas duas coisas são as que eu estou envolvido de lançamento para agora final de 2014 e começo de 2015.

Portal RAP NACIONAL: E o RZO já está trabalhando musicas novas?

Estamos trabalhando em músicas novas sim, ouvindo também muitas músicas novas que estão saindo de rappers daqui e de fora também, analisando o que o povo tem curtido e trabalhado em cima disso pra fazer algo com a cara do RZO e ao mesmo tempo ser atual também.

Portal RAP NACIONAL: Vocês pretendem lançar um DVD?

É uma ideia sim, mas o principal agora é voltar com os shows e um álbum novo.

Portal RAP NACIONAL: E no novo disco do Racionais tem alguma música em parceria com o RZO?

Tem a faixa “EU COMPRO”, que é uma parceria do Helião com o Ice Blue, com o Brown no refrão.

Portal RAP NACIONAL:  DJ Cia, como foi trabalhar no disco do Racionais MCs, que era o disco mais esperados dos últimos dez anos?
Como agora o disco já saiu, foi uma experiência boa, foi o que faltava pra completar umas das coisas que eu tenho feito que é trabalhar com o rap, trabalhar com o Racionais. É como colocar a peça que faltava num quebra-cabeças, é como ser lembrado e reconhecido como produtor e dj no Brasil, é importante pro rap, é importante pra minha carreira. É uma parada que eu vou sempre lembrar. Fazer parte de um projeto desses, trabalhar com o Racionais, que sempre manteve vivo o rap com a sua formação original, foi um grande presente pra mim. Fiquei muito feliz de poder ter trabalhado com eles e ainda tem muito mais coisas por vir, ainda não acabou!

Portal RAP NACIONAL: Você continua tocando pro seu Jorge? Como irá conciliar todos os trabalhos?

Então, as agendas do Seu Jorge, são sempre marcadas com antecedência, não chega nada em cima da hora, e os shows do RZO também tentamos marcar com antecedência, manter uma certa programação, até pra poder divulgar da maneira mais adequada, no mínimo de 20 dias. Isso facilita pra conciliar os shows, até porque todos têm trabalhos solos, então tudo vai ser organizado pra todo mundo poder cumprir com os shows marcados.

calado-rapnacional.com.br

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print