Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » Sandrão gravará clipe na Marcha da Maconha

Sandrão gravará clipe na Marcha da Maconha

Marcha da Maconha 2012 acaba de ganhar um reforço de peso em suas fileiras: Sandrão, do RZO. Aliado na luta pela legalização, o rapper gravará o clipe “Hino da Marcha” durante a manifestação marcada para o dia 19 de maio. Veja abaixo os depoimentos de apoio gravados por Pedro Pedrada e DJ King. “Nossa vitória não será por acidente!”

Pedro Pedrada, baixista do Ponto de Equilíbrio que já foi preso por plantar maconha, declara seu apoio à Marcha e chama para o clipe “Hino da Marcha”

DJ King também convoca todos a comparecerem na Marcha da Maconha 2012


Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (25)

  1. FALA SÉRIO, PQ NÃO FAZ CLIPE NA MARCHA DE LEGALIZAÇÃO DO ARROZ COM FEIJÃO E DA IGUALDADE SOCIAL.

  2. NÃO APOIO, PORQUE SENÃO VÃO QUERER USAR COMO BASE A LIBERAÇÃO DA MACONHA PARA LIBERAÇÃO DO CRACK, CONCORDO COM (Walisson Amaru)

  3. SOU A FAVOR DA LEGALIZACAO E ESTAREI LA .O FATO DE LEGALIZAR UMA ERVA , NAO QUER DIZER Q SERA UMA PORTA ABERTA PARA A QUIMICA (CRACK E COCAINA).

  4. Junior Cardeal disse:

    SE CIGARRO E ALCOOL É DROGA LICITA, PQ NÃO LIBERAR A MACONHA?

  5. Edson Leitte disse:

    MACONHA COM SELO FAVORECE O GOVERNO SO ISSO,,, MAIS IMPOSTO ARRECADADO, MAIS CORRUPÇAO, MAIS DISTRAÇAO, MAIS MOTIVO PARA SERMOS ROUBADOS PELO POLITICOS HIPOCRITAS!

  6. Leo Salmista disse:

    sou a favor da legalizaçao da vida ! acho q o foco da nossa luta esta sendo deturpada !

  7. Sou totalmente contra essa legalização da maconha todas as pessoas que estam viciados hoje começaram com a maconha legalizado vai piorar o as coisas na sociedade que não esta boa MANÉ + MACONHA MISTURA MAGNIFICA

  8. Po mano todo mundo sabe que o rap sempre foi contra qualquer tipo de droga e principalmente o alcool, todos sabem que isso esta acabando com a juventude na favela e os manos e minas que usurfluem disso, muita gente diz que maconha nao pega nada que nao é quimica isso e aquilo, mais muito mano morre por causa da maconha, tanto divida de droga e outras paradas assim, po o Sandrao é um cara inteligente pra porra, ele nao precisava fazer apologia disso porque ele mesmo sabe que isso esta acabando com nós da favela a porra da droga, sou contra essa atitude dele mais respeito, poderia fazer uma marcha para poder acabar com qualquer tipo de droga e alcool, mesmo sabendo que a maconha é usada para medicina ai ja é outros 500 mais sou contra a apologia a maconha e qualquer tipo d edroga e alcool, nao sou santo mais tive muito amigo morto por dever na favela de divida de maconha.

    • Profeta Verde disse:

      Igor… estão a um século tentando acabar com as drogas, investiram bilhões de dólares em armamento pesado, mataram muito mano da favela, muito irmão nosso morreu por conta desta "guerra às drogas"… e quem venceu a guerra? as drogas continuam por aí… e são mais usadas do que eram a 100 anos atrás. você acredita mesmo que dá pra "acabar com as drogas". porque não fazemos campanha pra acabar com a REDE GLOBO então!?!?!??

  9. MANO CADA 1 CADA 1 EU JA FUMEI HJ NÃO FUMO MAIS RESPEITO A MAIORIA DOS MEUS MANOS FUMAM MAS LEGALIZAR AINDA NÃO ACHO Q E A SAIDA

  10. não sou contra ha quem fuma um fininho ou 100 grama meio kilo, so sei que esse não é o caminho , nosso valores são outro , não levanto a bandeira da apologia, pois nos sabemos muito bem que são os verdadeiro beneficiados pela legalização

  11. mano sou totalmente contra sei q o cigarro causa bem mais o mal nas pessoas do q a maconha mais tem um porem se sem legalizar o bagulho ja é escrachado em qualquer lugar tem um carburando tem crianças de 13 ja dependente o q seria da nova geraçao se eles legalisasem na moral so seria palco de historias triste e os rap falam q o rap so vai deichar de ser agresivo quando nao tiver desenguadade mais se vcs estao em busca da felizidaede da perifa pra quer querer destruir ela com drogas legais pelo gorverno vejo isto como uma grande burrise quem vai sofre so vai ser a dona maria atras de recuperaçao pra seu filho nao vai ser nem um play boy pense bem se isso sai ser benefico para os sofredores

    • Profeta Verde disse:

      um comerciante legalizado pensatrá duas vezes antes de vender pra uma criança de 13 anos e ter que pagar uma multa ou fechar seu comércio. já quem venda a droga ilegal na perifa não tem scrupulos se vende pra criança ou pra adulto.

  12. sandrao tantas ideias positivas vc passo no passado hj querendo enterrar suas luta por motivos banais isso nao vai nos engrandecer em nada

  13. A guerra contra as drogas atualmente é uma guerra contra os pobres. o sandrão tá certo de apoiar a Marcha Da Maconha . Com a maconha legalizada vai ser o primeiro passo pra tratar o assunto como deve ser, um tema social e de saúde pública, assim como cigarro e alcool. a proibição só interessa aos políticos, traficantes e policiais corruptos

    • V Jubra disse:

      Venham discutir conosco esse tema no V JUBRA, no Recife-PE, em setembro. O tema é polêmico e merece uma discussão aprofundada com as diversas visões sobre o fenômeno. Será um prazer ter sua voz no Campus da UFPE —> abs

  14. Thiago Alexandre Moraes disse:

    Precisa ficar claro o papel da Guerra às Drogas na criminalização da pobreza. Quem vive a realidade dessa proibição é o povo pobre, não a burguesia.

    A Marcha da Maconha não é uma manifestação a favor da droga ou de apologia ao uso da maconha. Pelo contrário, é uma manifestação para garantir que o Estado assuma a responsabilidade sobre esta questão. O que vivemos hoje é a liberação total e irresponsável das drogas – uma menina de 12 anos compra uma pedra de crack sem problemas – é necessária mudança dessa mentalidade, que faça florescer uma política capaz de lidar com as drogas de forma inteligente – sempre existiu e sempre existirá.

    O Estado precisa, em primeiro lugar, deixar de lidar com a situação com armas. O pobre morre muito mais de bala na cabeça do que de overdose. As famílias estão muito mais suscetíveis ao álcool que ao crack. O crack é produto do descaso, produto do tratamento e da falta de oportunidade. Ninguém nasce nóia!

    Depois, controlando a produção e a distribuição, gerar renda capaz de melhorar nossos hospitais e ampliar o atendimento às periferias. No ano de 2006, a produção em dólares de maconha dentro dos EUA foi maior que soma da produção das duas maiores produções agrícolas do país. Esse é dinheiro que sai do povo, passa pela mão das periferias armadas, caminha em direção aos barões de colarinho branco e terminam engordando a conta de banqueiros por todo mundo.

    Qualquer anticapitalista deveria perceber que não há mercado mais neoliberal que aquele totalmente não regulamentado, em decorrência da proibição – sinônimo de olhos fechados, irresponsabilidade e descaso. Nenhuma droga é porta de entrada para outras, as drogas estão em nossas vidas como produto da repressão física, mental e moral que esta sociedade hipócrita nos impõem, é produto da busca pela prazer, pelo bem estar e pela felicidade – essência vital. Seja pelas boas sensações que causam, seja pela fuga que possibilitam. Se alguém acha a droga uma fuga a se menosprezar, façamos o possível pra que o povo seja feliz e não tenha do que fugir. Se alguém acha que ela é prazer, não se permita omitir e depositar queto o peso de seu prazer no colo daqueles mais pobres.

    A luta contra a guerra às drogas é uma luta contra a guerra aos pobres!
    É a luta de classes!

  15. Hoje a proibição das drogas serve de argumento para a polícia invadir comunidades e casas nas periferias do mundo. Em São Paulo não é diferente. Aqui a população também sofre com a "guerra às drogas", que é na real uma guerra contra as pessoas. É só a gente reparar que o campo de batalha dessa guerra é justamente a periferia. Quem morre nas mãos da polícia é o pobre, seja ele trabalhador do tráfico ou um mano qualquer por "bala perdida".

  16. Analisando a origem da proibição da maconha no Brasil, a gente percebe que A PROIBIÇÃO É RACISTA e SERVE PARA CONTROLAR A PERIFERIA através do medo e do pretexto de invadir comunidades até mesmo com o exército em "busca de drogas".

    As primeiras leis que criminalizavam o uso da maconha foram feitas para controlar os escravos. A primeira é de 1830, Rio de Janeiro. Depois DA "LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS" rolou uma lei nacional no código penal republicano em 1890, criminalizando a capoeiragem, que englobava todas as manifestações culturais dos negros como o jongo, samba, religiões e o hábito de fumar maconha.

    Raízes da Proibição da Maconha – Racismo e Preconceito
    http://www.cabecaativa.com.br/content/raizes-da-proibicao-da-maconha-racismo-e-preconceito

    É racista a criminalização da maconha no Brasil http://coletivodar.org/2011/05/e-racista-a-criminalizacao-da-maconha-no-brasil/

  17. Não é do interesse dos "donos do poder, os de cima, os hómi de terno preto" ter uma periferia livre e politicamente ativa. Já imaginaram se a maioria dos moradores da periferia decidisse reclamar seus direitos? Alguém que hoje tem muito na certa ia sair perdendo. A "guerra às drogas" vem como pretexto para controlar os mais insatisfeitos com a má distribuição de riqueza, qualidade dos serviços públicos e etc…

  18. Fala sério digo eu! É incrível como tantos manos conseguem ser tão alienados quanto ao assunto. A periferia carece de educação e instrução em relação ao tema.

    Então vamos por partes.

    #1 A atual politica de drogas (PROIBIÇÃO) não funciona. Isso é fato. Todo o sistema penal, carcerário, policial e judicial do país é sobrecarregado com um zilhão de casos de pequenos traficantes, que superlotam as penitenciárias e não resolvem em nada o problema, pois ele é imediatamente substituído. Essas prisões na verdade, são na maioria de cunho racista, pois na maioria dos casos os presos são HOMENS, JOVENS, NEGROS, SEM ESCOLARIDADE COMPLETA, RESIDENTES NA PERIFERIA. Alguém aqui acha DE FATO que a Polícia um dia vai conseguir conter o tráfico, ou que vá conseguir extinguir a Maconha do Mundo, ou outras drogas?

    Não importa mais se a Maconha faz bem ou mal, a questão é que o sistema que está sendo adotado não funciona! Enquanto existir DEMANDA (quem use) sempre vai existir OFERTA(traficantes), isso é fato, e a humanidade não vai parar de se drogar porque drogas são ilegais. Desde a proibição o consumo aumentou exponencialmente e as drogas ficaram muito mais potentes. PROIBIR DEFINITIVAMENTE NÃO FUNCIONA. E essa é a ideia que precisa ser entendida. Isso serve pra Maconha, pra Cocaína, pra Pedra, pra tudo!

  19. #2 A Maconha não faz mal maior ao indivíduo do que o mal provocado pela alienação midiática. Várias lendas foram inventadas desde a proibição e ao longo dos anos para que a sociedade acreditasse que a Maconha fazia mal e que detonada a vida do cidadão. Inventaram que Maconha mata neurônios, inventaram que Maconha é porta de entrada para outras drogas, inventaram que ela não tem propriedades medicinais e ainda por cima inventaram que ela não tem utilidade para a humanidade e precisa ser extirpada da face da Terra.

    Maconha NÃO mata neurônios. Os testes que supostamente comprovaram isso foram feitos de maneira errada, sufocando os macacos utilizados como cobaias. Quando você deixa de fornecer oxigênio ao cérebro, as células morrem. E foi isso que constataram os cientistas quando foram avaliar os testes. Então também utilizaram isso como argumento para proibir a Maconha. Ela não só não mata neurônios como os protege. Nós produzimos uma substância igual a da Maconha no cérebro NATURALMENTE. Como poderia ela então nos afetar se nós mesmos produzimos e não nos afetamos? TV Globo, Record e etc matam neurônio minha gente, acordem.

    Maconha NÃO é porta de entrada para outras drogas. O tráfico é, o mercado ilegal é. Um traficante não pede RG e tem todo o interesse que você use outras substâncias além da Maconha (cocaína, pedra, etc). Ele vai empurrar na mão de quem quer apenas fumo. Ele vai ofertar, e mesmo que não oferte, o acesso é muito fácil pois quem QUEM VENDE A COCAÍNA, CRACK, LANÇA, ETC É O MESMO CARA QUE VENDE A MACONHA. O Traficante não faz distinção de idade, distinção social, nem anda do tipo. Ele quer saber de faturar, e quanto mais drogas ele vender melhor. Outra coisa é que quando uma pessoa entra nesse "mundo ilegal" ela fica muito mais suscetível a experimentar novas substâncias levada pela curiosidade e pela ideia de facilidade. Será que em um mercado regulamentado, onde regras existissem, estabelecimentos fossem devidamente licenciados para vender essa ou aquela substância, houvesse restrição de idade, campanhas educativas… será que ainda assim o consumo seria da mesma forma? A conscientização sobre o que é, os tipos de uso, as motivações, as reações…. será que com cultura e conhecimento o sistema ainda seria o mesmo?

  20. Maconha TEM SIM propriedades medicinais. É um SANTO REMÉDIO. Utilizado pelo menos há mais de 5 mil anos pelos povos do planeta. Remédio para dores, para indigestão, problemas menstruais, problemas respiratórios, e muitíssimas outras enfermidades. MACONHA CURA CÂNCER DE PELE! Alguém aqui sabia disso? Porque isso não é divulgado na grande mídia? Óleo de Cannabis, curando câncer de pele, VIDEOS, tem de monte na internet. Maconha é a melhor opção para pacientes de Câncer e de Aids que fazem tratamento e não conseguem se alimentar. E vocês vão falar: mas num dá pra fazer um remédio com base nas propriedades da Maconha? Já num existe? Sim, já existe. Mas não surte o mesmo resultado que a FLOR FUMADA OU COMIDA. Até comer nesses casos não é ideal. Inalando o efeito surte mais rápido, melhor, dura menos tempo, enfim, uma série de benefícios que não se tem de outras maneiras. Bem melhor que tomar remédio pra dormir, que tomar remédio pra comer, que deixar pacientes se martirizarem em seus tratamentos.

    Mas maconha não causa Câncer? E a fumaça dela não deve fazer mais mal que a do cigarro, num usam nem filtro!… BALELA! A Maconha em si NÃO POSSUI PROPRIEDADES CANCERÍGENAS!! Já a sua fumaça tem sim propriedades cancerígenas, mas também possui propriedades imunológicas que protegem. Ou seja, ela é veneno e cura ao mesmo tempo. nesse caso. Ela por si meio que se anula. Claro que a prática de FUMAR não é aconselhável. Existe formas de minimizar esses danos. Utilizando vaporizadores por exemplo, onde não há combustão e o THC é absorvido da maneira mais pura. Mas de qualquer forma, alguém conhece algum caso de morte por Câncer , provocado pelo uso de Maconha? Quem souber corre pra alertar porque vai ser o primeiro da história a ser registrado!

    Maconha NÃO CAUSA DEPENDÊNCIA QUÍMICA (apesar de isso ser cientificamente relativo), mas gera uma certa dependência psicológica, um hábito e gosto pelo fumo. Alguém aqui conhece algum caso de alguém que era viciadão em Maconha, e roubava de casa pra sustentar o vício? Batia na mulher por causa de Maconha, alguém que não tenha tido uma vida social por conta da Maconha? Maconha serve inclusive para curar dependentes químicos. Há um estudo brasileiro que constata isso, além de vários estudos feitos ao redor do mundo que mostram outros benefícios da Maconha.

    Regulamentar a Maconha, seu uso medicinal, recreacional e industrial, iria favorecer a economia, gerar impostos para serem investidos nas áreas de SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA. Na Califórnia a Maconha já rende mais que SOJA, TRIGO, MILHO.. JUNTOS! Não há um sistema certo que seria adotado no Brasil. Ninguém sabe se é o Governo que vai providenciar, se só paciente poderá utilizar, se a industria vai poder produzir Hemp, fibra do Cânhamo (Maconha), como isso será administrado e fiscalizado. Mas há cada vez mais a certeza de que o caminho não é proibir, porque cada vez mais você vê gente fumando Maconha. O Ácool e o Tabaco são regulamentados e socialmente aceitos. Isso gera milhões de mortes diretas e indiretas todos os anos. Deveríamos proibir o álcool e o tabaco? Mesmo? Alguém acredita de verdade que isso daria certo? Ou será que o ponto de venda mudaria da padaria e bares para as biqueiras e fortalecer o ciclo de problemas e consequencias gerados por esse mercado? Querendo ou não, regulamentados, Álcool e Tabaco causam bem menos mal do que se fossem proibidos.

    O Sandrão está mais que certo em correr junto nessa luta para mudar a politica de drogas brasileira. Ele conhece bem a realidade da periferia e entende como a politica de proibição da Maconha está errada e afeta diretamente essa realidade. Quem discorda da atitude do Sandrão, ao invés de criticar, deveria procurar se informar. Porque não vai atrás de entender o que é Maconha? Entender porque tanta gente no mundo está envolvida nessa luta e acredita na mesma coisa. O Sandrão só entrou junto, é mais um pro time. A corrente já existe há décadas. Ele chegou fortalecendo muito, com vários parceiros juntos. Será que são todos errados, loucos? Ou será que procuraram estudar um pouquinho?

    Ficar quieto, não estudar ou sequer discutir o assunto é fortalecer a triste realidade que nos cerca.

    TOTAL APOIO E MÁXIMO RESPEITO SANDRÃO RZO! DIA 19 VAI SER FODA!

  21. Sandrão, PARABÉNS pela coragem. Até quem sempre te curtiu esta te criticando sem saber a importância do trabalho. A Marcha da Maconha está ai exatamente pedindo para acabar com a injustiça que ocorre na periferia, enquanto maluco é preso como traficante playboy nem toma enquadro. Chega de violência, de prisão e criminalização da pobreza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print