Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » Sarau no terreiro: lançamento do livro #PoucasPalavras acontece em oficina no Ponto de Cultura Caminhos

Sarau no terreiro: lançamento do livro #PoucasPalavras acontece em oficina no Ponto de Cultura Caminhos

Renan Inquérito lança livro no Ponto de Cultura Caminhos, um terreiro de Candomblé com oficinas poéticas



Mesclar a cultura popular, fazendo-a transitar por locais diferentes e improváveis é uma das tarefas mais recorrentes do hip-hop e a exemplo disso, na ultima sexta-feira (13 de janeiro), o grupo Inquérito visitou o Ponto de Cultura Caminhos, na cidade de Hortolândia, no interior de São Paulo.

 

 

 

Localizado num terreiro de Candomblé, o espaço mescla atividades culturais, literárias e oficinas para crianças e jovens. Daí, a ideia de fazer uma oficina do projeto #Poucas Palavras no espaço, seguida de um sarau, com lançamento do livro do rapper Renan Inquérito.

 

Acompanhado pelo músico Pop Black, que faz backing vocal no grupo e também participa das oficinas, e do fotógrafo Márcio Salata, que assina vários trabalhos fotográficos do grupo, além de ter fotos publicadas no livro #PoucasPalavras, o músico realizou uma oficina bastante diferente no espaço.


De acordo com ele, o primeiro motivo foi a variação de idade, com crianças de três anos até os jovens de 15 anos. “Muitas delas não sabiam ler ainda e tive que me desdobrar e tentar fazer com que elas absorvessem algo. Foi engraçado porque tem uma poesia intitulada ‘Vídeo-Cassete’ e aí eu falando, percebi que talvez eles, pela pouca idade, nunca tivessem visto um aparelho desses, então perguntei e muitos não sabiam o que era. Pegamos uma fita VHS e passamos de mão em mão e eu ainda brinquei ‘pode pegar que não morde'”, diverte-se o rapper, ao lembrar do contato feito durante a visita do terreiro, que não ficou apenas na parte poética e visual da oficina, onde um varal é montado com algumas poesias concretas, as fotografias de Márcio Salata e as ilustrações do graffiteiro Mundano, que enriquecem o livro.

 

Por ser um Ponto de Cultura que abriga um terreiro e vice-versa, entrou em pauta, durante a oficina, a questão do negro, da cultura e das origens e matrizes africanas.”Foi extremamente positivo, porque as crianças curtiram muito. Participaram e escrevemos juntos uma poesia no final. Depois, o Pop Black fez, no violão, uma melodia para ela e quando vimos, já tinha um cara com um afoxé – instrumento de percussão – fazendo o acompanhamento e virou uma música. Foi lindo”, resume Renan Inquérito.

 

 

 

Com o resultado, a expectativa é que o projeto #PoucasPalavras seja intensificado no local e também na região. O evento teve incentivo e foi viabilizado pela Secretaria Municipal de Cultura de Hortolândia – SP.


Confira as fotos de Márcio Salata feitas durante a oficina

 

 

Serviço – Mais sobre o projeto pode ser acessado no site #PoucasPalavras

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

OUTROS COMENTÁRIOS (2)

  1. Tilho Zika Memo disse:

    eu estava la foi muito bom emm só falto vcs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print