Sign in / Join

Single de estreia de NohFi traz José Saramago como referência

Noh-Fi é o nome da parceria entre o MC, poeta e arte educador Fino Du Rap em conjunto com o trompetista, Dj e produtor, idealizador do selo Quebrada Groove Jonathas Noh. Esse trabalho é fruto da identificação musical e ideológica da dupla que vem atuando a muitos anos dentro do movimento hip-hop, especialmente na região Sul de São Paulo. 

O trampo será lançado a partir de singles que no final irá compor um E.P. que vem sendo produzido no Estúdio Quebrada Groove no Capão Redondo. A principal características do trabalho é a variedade, tanto musical como também na temática. A dupla ao mesmo tempo que toca em diversas feridas sociais da atualidade, passeia por diversos ritmos, abusando da criatividade sonora e lírica.

O primeiro single do NohFI intitulado Ensaio Sobre a Cegueira expõe as feridas, as angústias, vícios e dores enfrentadas no dia a dia dentro da sociedade contemporânea. Inspirados no romance homônimo de José Saramago os autores trazem  a sua versão para a “Cegueira branca” em forma de Rap. Junto a essa mensagem a produção musical nos leva a esse clima que nos traz múltiplas sensações. Sample e instrumentos tocados se unem com as linhas do verso, fazendo a trilha e paisagem para o flow afiado do Mc, entre o rap tradicional com rap contemporâneo, criando assim um sonoridade única. 

Assim como o escritor português eles acreditam que a democracia seja uma grande ilusão e que os golpes estão aí dia após dias, revelam: ‘A ditadura na quebrada nunca teve fim, a polícia não mudou a postura em como tratar as pessoas nas favelas. Temos que ser fortes para manter nossos direitos e conquistar mais direitos, sair desse mar de “Cegueira” e remar para a mesma direção.’

A música também cita Dj Lah (Conexão Do Morro) como exemplo da violência cotidiana na periferia, e fala das nossas dores diárias, das dores das mães que perderam seus filhos de forma violenta, além de vícios e fraquezas.  “Cada qual com a sua solidão, cada qual com o seu veneno e nos trombamos nos becos e escadas.” Alertam: “Não estamos parados, mas estamos num movimento estranho, estamos derrapando tentando sair do lugar porém tem muita lama, tem muita merda saindo da boca de quem tá no poder e muita maldade.”

Confira o trabalho nos links abaixo:

Video Clipe

Comments are closed.