Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » "Sopro Inverso" lança vinil com show gratuito no Teatro Municipal de Itajaí

"Sopro Inverso" lança vinil com show gratuito no Teatro Municipal de Itajaí

O lançamento será no dia 15 de junho, feriado de aniversário da cidade. Para o show, o MC, que também foi o produtor do disco, selecionou algumas composições do primeiro EP e outras inéditas que integrarão o próximo trabalho solo do artista. O show será acompanhado pela banda “Coração dos Outros Band”, que é formada por Mario Cesar Nascimento Júnior nas baterias, Raul Misturada no violão e viola MIDIs, e DJ LP aka Luis Paulo nos samples e toca-discos.

O que era pra ser apenas um EP de um apanhado de composições de várias fases de seu autor, se tornou um registro complexo, cheio de simbologias e referências ao rap, à espiritualidade,  ao cotidiano e cultura pop em geral. Por acaso, também se relacionou intimamente com o nº 1.

EP(!)sódio Primeiro é o trabalho de estreia de Sopro Inverso. A capa traz seu primogênito em seu primeiro banho em casa. O processo de gravação, mix e master acompanhou o período de translação da Terra. E quando tudo estava pronto, nos formatos de CD e LP, o pequeno Joãozinho deu seus primeiros passos e completou 1 ano no mundão.

E o disco chegou pesado! São 180g em duas faces de 12 polegadas do mais puro vinil branco. Viajou pelas ideias, pelos canais das mesas de som e finalmente  pelos ares, quando veio da República Tcheca para o Brasil.

A produção do EP, dirigida pelo MC, buscou sonoridades  fora dos padrões do rap nacional. Com apoio do engenheiro de som Bruno dos Reis (Feito Sonoro), as experências em estúdio com captação das vozes, mixagem e masterização criaram o clima sujo e denso do disco.

Os beats, com excepção da música “Dia normal”, foram compostos e tocados por Impuro a partir de samplers nacionais e internacionais (em sua maioria da década de 70) selecionados por Sopro Inverso da sua coleção de vinis. Essas composições tiveram como referência os trabalhos de Madlib, J. Dilla, MF Doom e a Golden Era do rap gringo.

A levada simples, mas peculiar, carrega versos cheios de duplo sentido, triplas metáforas nos sincopados compassos de quatro tempos. A morte, um trago ou apenas versos em um sopro? O nome Sopro Inverso tem significado singelo e infinito, assim como as letras do MC que se apresenta com esse pseudônimo.

Nascido em Campinas/SP, André Luis conheceu o Rap na infância quando escutou numa fita k7 uma coletânea com Pepeu, Thaide & DJ Hum, Sistema Negro, Consciência Humana e Racionais MCs. Formado em Licenciatura em Música, atua como MC, educador musical, DJ, produtor e beatmaker, vivendo exclusivamente desses trabalhos desde 2008, quando foi a Itajaí/SC cursar a faculdade através de bolsa integral do ProUni.

Show-Teatro-Municipal---Web-e-sem-texto---Sopro-Inverso

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print