Sign in / Join

Um guerreiro nada silencioso

Silencioso, mas nunca quieto, Kamau tem conduzido uma trajetória barulhenta na música. Um dos maiores representantes do rap no Brasil, Marcus Vinicius Andrade iniciou sua carreira aos 21 anos. Hoje, aos 35, percorre o País com shows que trazem bagagem de toda sua caminhada desde seu primeiro registro oficial, Prólogo de 2002 com o Consequência, até seu primeiro álbum oficial, Non Ducor Duco (2008).

Exímio skatista, Kamau não só domina a arte de rimar e improvisar como também a de criar suas próprias batidas – em Non Ducor Duco ele assina sozinho as batidas de cinco faixas, além de mais quatro faixas produzidas em parceria com outros beatmakers.

Crédito da foto: Jess Penido/divulgação

Kamau já dividiu o mic com ínúmeros artistas brasileiros e também ícones da cena gringa, entre eles Afrika Bambataa, De La Soul, Jurassic 5, People Under the Stairs, Chuck D (Public Enemy) e Ana Tijoux. O artista é o único que participou de todas as 10 edições do extinto festival Indie Hip Hop, o maior do gênero já realizado no Brasil.

Uma de suas composições mais famosas, “Poesia de Concreto” ganhou espaço em 2011 em um livro didático para estudantes do ensino fundamental de São Paulo. Além das rimas em português, Kamau também tem certa fluência no inglês, e em novembro participou do programa Inglês com Música (TV Cultura) interpretando a música “Price Tag”, de Jessie J.

Em outubro, Marcus Vinicius Kamau publicou o vídeo “Quando sai o EP?” (www.youtube.com/telaplano). O lançamento deste novo trabalho está previsto para os próximos meses e ainda em fevereiro um videoclipe vai ao ar.

[youtubewd]Bny91utetqc[/youtubewd]

CAMINHADA

2002 – Lançou “Prólogo EP”com seu primeiro grupo, Consequência.

2003 – Convidado por Daniel Ganjaman pra ser o MC oficial do Instituto em sua formação de palco.

2005 – Lançou “Sinopse” seu primeiro registro solo, gravada ao vivo

2006 – Lançou o álbum “Escuta Aí” com o grupo Simples, produzindo todos os beats do álbum. Primeiro lançamento oficial do Plano Audio

2008 – Lançou “Non Ducor Duco”, primeiro álbum solo, muito bem recebido pela crítica e pelo público.

2008 – Non Ducor Duco é eleito um dos 25 melhores álbuns nacionais do ano pela Rolling Stone, melhor disco de hip hop pela Rádio Cultura Brasil e pelo blog Rapevolusom e melhor música (“Poesia de Concreto) pelo Hutúz.

2009 – Indicação categoria rap VMB (MTV)

2010 – Single “21|12” e remix da música “Resistência” (part. Invincible, de Detroit – EUA)

2010 – Videoclipe – “Só – Remix” (direção de Fred Ouro Preto), indicação na categoria RAP do VMB (MTV)

2010 – Participação no disco “Projeto Paralelo”, da banda NX Zero, com a música “Bem ou Mal 0.2” (indicação disco do ano (2011) VMB – MTV)

 

TagsKamau

11 comments

Leave a reply