Twitter Facebook Youtube
Home » Eventos » Z’África Brasil e KL Jay no balanço do Clube do Rap em SP dia 15

Z’África Brasil e KL Jay no balanço do Clube do Rap em SP dia 15

Z’África Brasil, que comemora 20 anos de carreira, lança o álbum “Ritual I – A Vida Segundo os Elementos do Hip-hop” no Clube do Rap, dia 15 de maio (sexta-feira), a partir das 23h, no Garage Club, localizado próximo ao metrô da Barra Funda, em São Paulo. A festa, programada para terminar só às 5h do dia 16, ainda terá como atrações o DJ KLJay (Racionais) e DJ Roger. Os ingressos custam R$ 10,00 para mulheres e R$ 15,00 para homens. As 13 faixas inéditas do quinto disco independente dos MCs Gaspar, Pitchô, Funk Buia e o DJ Tano, do Z’África Brasil, podem ser baixadas na internet gratuitamente.

O novo cd do Z’África Brasi, com 52 minutos de duração, mostra um caldeirão surpreendente de sons pela mescla de ritmos, que vai do rap ao maracatu, passando pelo reggae e o samba rock. O percussionista, Fernandinho Beat Box, um dos fundadores do Z’África, ao lado do MC Gaspar, em 1995, participou de duas faixas desse trabalho, além da convidada Amanda Negrasim. Pela primeira vez, o Z’África gravou com sua própria banda.

QUEM É O TERRORISTA ?  – A faixa mais impactante de “Ritual 1”, porém, é “Terrorista – parte 1”, que denuncia o avanço da repressão policial, principalmente nas periferias das cidades brasileiras. “A abordagem da polícia quase sempre trata a gente como terrorista. Mas são os policiais que levam o terror para nossas comunidades”, admite Gaspar. Irônica, a letra levanta uma dúvida e deixa uma pergunta no ar: “Quem é o terrorista?”. O arranjo cria uma atmosfera de suspense, enquanto várias patentes militares são sugeridas pela música como resposta à questão levantada até chegar ao Gabinete Presidencial. “Talvez o terrorista seja da corte marcial? Ou até mesmo do Gabinete Presidencial?”, diz um trecho da composição.

“Nos próximos álbuns, virá ‘Terrorista – parte 2’, que fará um relato das ações do Estado em nossas comunidades, mostrando os jovens que morrem anualmente nesta guerra disfarçada, convivendo diariamente com a repressão”, adianta Gaspar. O ciclo se fecha com “Terrorista – parte 3”: “Vamos falar dos terroristas que estão no poder, no Congresso Nacional”.

O disco faz uma homenagem ao ídolo norte-americano MC KRS One, um dos pioneiros da cultura hip-hop, que foi reverenciado pela ONU e a Universidade de Harvard e é o autor do livro “The of Gospel Hip Hop”. Em 2008, KRS One recebeu o prêmio Lifetime Achievement Award, por todo o seu trabalho e iniciativas como Stop the Violence Movement. No disco, a faixa “O Professor Está de Volta” é dedicada a ele, assim como “O Rap é Grande” é uma homenagem aos rappers brasileiros da geração dos anos 90.

 image005

RESISTÊNCIA – “Ritual 1” é o primeiro disco de uma trilogia, produzida pelo MC Pitchô, e busca resgatar a essência do hip-hop, como estilo de vida, visão de mundo, produção de conhecimento e resistência cultural. “Fizemos uma síntese da nossa vivência na cultura hip-hop, a ideologia e o posicionamento político do grupo, cultivado a partir das tradições africanas, que influenciam nossas vidas e traz uma leitura dos choques e conflitos desse mundão, a partir de um olhar da quebrada”, diz Wagner de Oliveira, mais conhecido como MC Gaspar.

A resistência é uma das marcas do cd, afirma Gaspar. “Graças ao hip-hop sobrevivemos aos baques ao longo dessas duas décadas. Além da música, o engajamento natural, que temos em vários projetos sociais, funciona como um motor da nossa arte. É nessas experiências com as comunidades, iniciadas na região do Campo Limpo, Taboão da Serra,Capão Redondo (SP), e que se expandiram pela Zona Sul paulista, na luta para a construção do que chamados de verdadeiros quilombos vivos. Neles exercitamos a libertação, por meio da nossa cultura, repassando os ensinamentos da nossa arte aos jovens, onde aprendemos e contribuímos nas oficinas com foco na formação das novas gerações do hip-hop”, diz Gaspar.

SERVIÇO:

CLUBE DO RAP – SP (capital)

Dia e horário: 15/05 – a partir das 23h

Local: Garage Club

Endereço: Rua Barra Funda, 1066

Ingresso: Homem: R$ 15 e mulher: R$ 10,00

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print