Twitter Facebook Youtube
Home » Noticias » Z'África Brasil faz show nesse sábado, dia 31, no CEU Guarapiranga, em SP

Z'África Brasil faz show nesse sábado, dia 31, no CEU Guarapiranga, em SP

O grupo de rap Z’África Brasil faz show nesse sábado, dia 31/8, às 18h, no CEU Capão Guarapiranga, em São Paulo. A abertura desse encontro com os fãs será feita pelos rapazes do “Fora de Frequência”. A Entrada é gratuita. Formado pelos MC’s Gaspar, Pitchô e Funk Buia e pelo DJ Tano, os músicos do Z’África são conhecidos por sua originalidade e criatividade musical e estão posicionados como um dos maiores grupos de rap no Brasil.

O talento do Z’África levou suas composições a romperem fronteiras, preconceitos musicais e regionais, e a trabalhar com músicos de outros estilos e outros países ao longo desses 18 anos de estrada. Suas letras contagiam e tratam de temas voltados ao combate ao racismo e a todas as formas de preconceito, discriminação e segregação.

O nome do grupo foi concebido com a proposta de a letra “Z “ simbolizar Zumbi dos Palmares, líder e ícone da resistência negra no Brasil. “Representa a cultura dos povos da periferia para o mundo”, explica Gaspar. A explosiva fusão sonora do Z’África já despertou o interesse de músicos internacionais e o prestígio junto à mídia e ao público. Os músicos sentem a necessidade de pensar a realidade como um grupo de hip hop, além de outros universos. O Z’África já participou de dezenas de coletâneas e gravações dentro e fora do país. Entre os artistas nacionais que já gravaram com o grupo, está Zeca Baleiro, Fernando Catatau, Céu e Toca Ogan (percussionista da Nação Zumbi).

O Z’África Brasil tem três discos lançados. O primeiro foi “Conceitos de Rua”, uma coletânea que contou com vários grupos e artistas do rap italiano, como Ricardo Rumore, Osteria Lyrical, DJ Zetta e Gente Guasta. Foi gravado na Itália entre 1999/2000. “Antigamente Quilombos e Hoje Periferia” é o segundo álbum, lançado em 2003, e responsável pela projeção do trabalho do grupo, que passou a ter suas músicas como trilha sonora de filmes. “Tem Cor Age”, entre 2006 e 2007, foi o terceiro CD. Já, entre 2007-2008, foi produzido “Verdade e Traumatismo”, EP France, com Selo Livin’Astro, gravado na França.

Entre as músicas que viraram trilha sonora, está “Raíz de Glória”, no documentário “Lutas.Doc”, em 2011, com direção de Luiz Bolognesi, e conta com Selton Mello e Camila Pitanga no elenco. A produção da fita de Bicho de 7 cabeças. Já, no filme Antônia, em 2006, virou trilha “Tá na Responsa”. No elenco, Negra Li, Lela Moreno, Quelynah, Cindy. No filme “Narradores de Javé”, com direção de Eliane Caffé, em 2003, a música “Casa de Javé” entrou.

Vídeos, álbuns e música:

Serviço:

DATA e HORÁRIO: Dia 31/08 – sábado – às 18h

LOCAL: CEU Capão Guarapiranga

ENDEREÇO: Estrada da Baronesa, 1120 – Jardim Kagohara – São Paulo/SP

TELEFONE: (11) 5833-6317

MAIS INFORMAÇÕES E ENTREVISTAS:

Cristina D’Avila – 11 98284-6858

 

Comentários:

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Notícias Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Email
Print