Sign in / Join

LEONN lança videoclipe Paranoia Comunista

Essa música foi inspirado na obra Paranoia do Raul Seixas, justamente por falar de uma paranoia usada como um meio de controlarem a sociedade. Uma tática antiga ,que sempre foi usada ao longo de nossa história para criar medo e com mais facilidade controlarem a massa.

E são criados Inimigos fictícios por essas pessoas que dominam essa forma de manipulação, criando sentimento de medo e de ódio nas pessoas, que cegas brigam entre si, enquanto o verdadeiros problemas passam despercebido.

No Brasil há alguns anos foi despertado um velho fantasma , o fantasma do comunismo, que foi muito usado na ditaduras militar para descredibilizar as pessoas que lutaram pela nossa democracia.

Mais uma vez conseguiram instaurar essa paranoia, dividindo a população e fazendo ela brigar entre si. Um grande exemplo é que se você é a favor a alguma causa social é logo taxado de comunista. Isso contribui muito no aumento do abismo social em nosso país e também no distanciamento das pessoas, que se fossem unidas teriam mais força pra dar a volta por cima.

Release Leonn

Cultura, política, questões democráticas e sociais.

Enraizado no RAP: é assim que Leonn se apresenta ao seu público. Sua música autoral traz a mensagem de discussões e análises sobre o mundo contemporâneo, mais especificamente sobre sua terra natal, o Brasil.

A descoberta da banda Racionais, aos onze anos, marca o início do seu envolvimento com a música, que se desenvolveu ao longo do tempo passando por diversas tribos e tipos musicais, comparecendo a festivais e somando a cena artística da região. Hard core, punk, rock. Fomentado, surgiu a vontade de ter sua própria banda e então ele passou por algumas; Tubo de Ensaio, Dumping e até um cover da clássica “The Doors “.

Mas a escrita já se fazia presente em sua vida, dando indícios que sua cjriação seria autoral. Aos dezesseis anos ganhou um prêmio de melhor poesia nacional, em concurso realizado entre as escolas brasileiras.
Passado alguns anos, se descobriu na música eletrônica e como DJ, em sua cidade, João Pessoa. Mas a carreira se consolidou em Toronto, no Canadá, aonde dividiu palco com nomes internacionais como Vini Vici, Capitais Hook, Liquid Soul, Talamasca e 1200 microgramas.
Atualmente, Leonn continua no Canadá, onde investe em seu trabalho musical com produções autorais, videoclipes e conteúdo digital. Já lançado e disponível na plataforma Spotify, conta cinco músicas.

Em 2019, inaugurou essa nova fase com o lançamento das faixas “Falta Amor” e “Não Sou Projeto”. No ano seguinte, foi a vez de lançar “Salve Nosso Sangue”,”Não Tem Vez” e “Armagedom”. Para 2021, têm o lançamento do seu primeiro EP. Será em partes: a cada mês, o lançamento de uma música com videoclipe em seu canal do Youtube.
Dessa forma, Leonn pretende apresentar o seu trabalho mais maduro para seu público. Afinal, arte e musica tem poder revolucionário.



Direção - Thais Maranho / Felipe Camargo
Cinegrafista - Felipe Camargo
Edição - Thais Maranho
Letra - Leonn
Música - Leonn / Guirraiz
Ilustração - Paulo Kalvo
TagsLeonn